terça-feira, maio 27, 2008

Afinal é sobre peixe...

Sempre gostei desta música mas é a primeira vez que percebo a letra...



Via Sivacracy (onde está a letra a sério...)

15 comentários:

  1. É impressionante como a letra influencia o que ouvimos! LOL

    ResponderEliminar
  2. Mário Miguel27/05/08, 22:59

    Ludwig,

    Outra versão de Carmina Burana "devidamente" legendada.

    Mas caso não saibas, há uma "industria" de legendagem que faz furor no YouTube, e
    com telediscos Indianos é de arrepiar! Como se pode ver aqui em português, aqui, o mesmo, mas em inglês. Este aqui legendado em português também é suficientemente ridículo.

    Um dos piores: O Thriller, do "Michael Jackson" Indiano.

    E ainda a música Dragostea din tei "devidamente" legendada.

    ResponderEliminar
  3. Mário,

    É um bom exemplo de uma forma de arte só possível desprezando o copyright. E é inegável a melhoria face ao original :)

    (PS: o link do dragostea está mal, vai para o thriller)

    ResponderEliminar
  4. A Carmina Burana não é sobre peixe, é sobre after shave. Old Spice. Não se lembram? Na TV há muito que se descobriram as virtudes da legendagem.

    E preparem-se para assistir à recessão económica da Europa legendada com um campeonato de futebol.

    ResponderEliminar
  5. O que nós ouvimos é o que nós conseguimos reconhecer.O exemplo do Pinker, acho eu, que também tem um piadão, é muitas pessoas entenderem a frase "gladly the cross I'd bear" como "Gladly, the cross eyed bear".
    Bjs Karin

    ResponderEliminar
  6. Karin,
    É por isso que o reconhecimento automático de voz nunca irá funcionar bem :-)

    ResponderEliminar
  7. Mário Miguel28/05/08, 15:39

    Ludwig,

    Após enviar o comentário, suspeitei que tu irias pegar por ai. É mais forte do que tu, não é?!:) Se podes dar uma estocada, não te absténs.

    No entanto os factos dão-me razão, pois se o copyright fosse correctamente aplicado o Thriller do Michael Jackson não teria sido violentado daquela forma, um crime:)


    Já agora: a primeira ligação para o vídeo Indiano é um meme (acho que é o mais famoso de todos na categoria dos vídeos indianos), está relatado aqui, na Wikipédia, aquele vídeo já é uma referência.

    Sobre a ligação incorrecta do Dragostea din tei, aqui está a correcta, "devidamente" legendada. A ligação, incorrecta, do Dragostea din tei no outro comentário apontava para o Thriller do Michael Jackson Indiano com legendas em inglês (o primeiro Thriller do Michael Jackson Indiano está em português). Isto de ter pouco tempo para comentar não me permite rever o que escrevo.

    ResponderEliminar
  8. Mário Miguel:
    o Thriller indiano não existiria?! Nãaaaaaaaao!!! Nem sabes as gargalhadas que saquei de família e amigos com aquele vídeo.

    Acho os vídeos legendados são interessantes porque explicam algumas "mensagens subliminares".

    ResponderEliminar
  9. - com -,
    se calhar depende da inteligência artificial: como deve ser superior à inteligência humana, é capaz de não funcionar mesmo.:)
    Bjs Karin

    ResponderEliminar
  10. Mário Miguel28/05/08, 18:26

    Pedro Couto,

    Não seja por isso, nos meu favoritos tinha estes guardados:

    Indian Thriller - em PT.

    Outro Indian Thriller - em PT .

    Não sei o que estes gajos consomem, mas que dá efeito dá.

    Indian Thriller Fart Remix.

    Indian Thriller Full Version.

    Indian Thriller Metal Remix.

    Se isto não fosse feito, de facto, seria uma pena. Mas só é giro de tão mau que é, e isto é difícil de fazer de forma premeditada.

    Se fores ao YouTube há muito mais.

    ResponderEliminar
  11. Mário,

    «Após enviar o comentário, suspeitei que tu irias pegar por ai. É mais forte do que tu, não é?!:)»

    Em parte. Mas principalmente foi por ser o teu comentário :)

    «se o copyright fosse correctamente aplicado o Thriller do Michael Jackson não teria sido violentado daquela forma, um crime:)»

    Gulimaaaar! Eu acho que foi uma grande melhoria :)

    Mas nisto o copyright não adianta de nada. Não é igual, não há nada a fazer. Vê o exemplo da música pimba ou grande parte da musica pop Portuguesa. É tudo a mesma canção com umas decoraçõs suficientemente diferentes para não ser violação de copyright.

    ResponderEliminar
  12. Mário Miguel28/05/08, 23:01

    Ludwig,

    Então estou marcado? Um dia destes fazes-me uma espera...:))

    Concordo com quase tudo o que dizes, que em nada contradiz a minha opinião sobre esta matéria.

    As respectivas versões do Thriller, não competem entre si, embora o Indiano faça rir.

    Em relação à Pimbalhada, isso de ser a mesma tanga, é um facto trivialmente verdadeiro, mas há algumas diferenças, e - entre outros factores - sem essas ninguém comprava. Não sem bem em que ponto é que podes recorrer à percentagem da diferença de uma música (ou falta dela)para justificares a incompatibilidade com o copyright. Se tiver 90% de semelhança então viola? Se tiver 80% já não? Parece-me que se quem houve achar que não, então é suficiente, e quem achar que é igual não compra, é simples.

    ResponderEliminar
  13. Mário,

    «Então estou marcado?»

    Nah, deve ser reflexo condicionado da minha parte. Mesmo que te faça uma espera é só para te gritar "abaixo o copyright!" aos ouvidos :)


    «Não sem bem em que ponto é que podes recorrer à percentagem da diferença de uma música (ou falta dela)para justificares a incompatibilidade com o copyright.»

    O copyright é um direito sobre a cópia. O critério é simplesmente se uma música é mesmo cópia da outra. Isso tem alguma subjectividade, mas não tem nada a ver com originalidade e afins. Penso que nenhum tribunal considerava o Golimaaaar uma cópia do thriller para efeitos de copyright.

    Agora se o tipo fizesse uma música totalmente diferente mas lá pelo meio tivesse um sample de três segundos do Thriller já violava copyright.

    A correlação entre o copyright e o incentivo à criatividade é nula.

    ResponderEliminar
  14. Hahahaha! O indiano do Thriller até tem que cantar ele próprio o eco no refrão. Golimar-mar-mar-mar...

    Mestria suprema!

    ResponderEliminar

Se quiser filtrar algum ou alguns comentadores consulte este post.