quinta-feira, setembro 27, 2007

Treta da Semana: Isabel Leal.

«Em busca de respostas a inquietações profundas descobriu o poder de algumas formas de cura alternativas como Reiki, Karuna Reiki, Meditação, Jin Shin Jyutsu, Crystal Healing, A caracterização do Ser humano segundo a coloração da aura bem como as compatibilidades entre cada cor/aura humana.[...] Iniciou os estudos sobre o fenómeno Índigo e Cristal em Portugal e mais recentemente nos EUA. [...] É com base nos estudos que tem desenvolvido que dá apoio a estas crianças e suas famílias numa clinica em Lisboa.[...] »(1)

Este post foi difícil de escrever. Nem sabia para onde me virar. Curas alternativas? Crianças Índigo e Cristal? Caracterizar pela cor-barra-aura*? Decidi dividir isto em várias partes e dedicar este primeiro post à Isabel Leal, que será a minha musa inspiradora nas próximas semanas.

Na sua clínica, a Isabel Leal dá consultas de:

«Acompanhamento de casos que necessitam de melhoria no rendimento escolar, resolução de terrores nocturnos, dificuldades do sono, desequilíbrios alimentares e comportamentais.
Expansão da área criativa e energética.
Consultas de apoio familiar a:
* Crianças Índigo e familiares
* Crianças Cristal e familiares
* Crianças Arco Íris e familiares»
(2)

Se questionam as suas habilitações para resolver os terrores nocturnos e os desequilíbrios alimentares das crianças, fiquem descansados. A Isabel «é licenciada em Gestão e trabalhou por 20 anos em empresas nacionais e multinacionais»(1). E é tão rigorosa no diagnóstico que pede aos pais para trazer «a hora/local de nascimento da criança»(2), porque «É estudante de astrologia, pois acredita que esta ferramenta é bastante útil na definição do perfil da criança»(1).

E vê-se que é escritora. «Convidada de diversos de programas de televisão, rádio e media em geral, leva esta nova experiência a quem lida com crianças no dia a dia procurando dar a mais recente energia de informação e de regeneração a todos os interessados nestas matérias.»(1)

A mais recente energia de informação e regeneração. Não vou comentar, mas queria saborear isto. A mais recente energia de informação e regeneração.

A Isabel Leal, além de terapeuta, dá cursos de Crystal Healing, Reiki, e Karuna Reiki, e é autora de dois livros intitulados As Crianças de um Novo Mundo: os Índigo, e os Cristal. São crianças sobredotadas. As Índigo são capazes de ver espectros de luz. O que dá jeito para não ser cego. As Cristal têm uma energia de grande amplitude espiritual que é fundamental para operar a transição da era de Peixes para a de Aquário (3). Aparentemente, a precessão dos equinócios não é um fenómeno físico. É trabalho infantil. Eu voto que se acabe com isto. É que não compensa o esforço destas crianças só para vermos o Sol a 50,3 segundos de arco da posição que tinha no equinócio do ano anterior. Deixem os miúdos brincar à vontade. Logo se preocupam com a orientação do eixo da Terra quando forem crescidos.

Deixo aqui um muito obrigado à Isabel Leal pela sua extraordinária imaginação. Parece-me que até ao Natal já não vou precisar de procurar temas para esta rubrica.

*A Isabel Leal usa a expressão cor/aura, mas não sei se a barra se faz com um gesto da mão numa curta pausa entre cor e aura ou se é suposto ler a barra. Como neste post não se vê os gestos que faço com a mão (felizmente...) decidi escrever assim.

1- Biografia de Isabel Leal.
2- Consultas
3- Livros Publicados

33 comentários:

  1. Pós-modernismo versão soft?

    Deve estar na altura de alguém criar um dicionário (talvez uma enciclopédia?) alternativo de jargão alternativo.
    Caso contrário é impossível saber do que estamos a falar...

    ResponderEliminar
  2. Nelson Lima28/09/07, 01:30

    Olá, caro Ludwig
    O Movimento Índigo tem muitos adeptos não só nos Estados Unidos como na Europa e provavelmente em outras paragens. Já existem centros de atendimento por todo o lado.
    Ele insere-se, aliás, num movimento muito mais amplo que atingiu o seu máximo esplendor na década de 80: o chamado Movimento New Age, caracterizado por um fortíssimo retorno à espiritualidade justificado, pelos seus adeptos, com o fim da Era dos Peixes e a chegada da Era do Aquário.
    Não é por acaso que os adeptos do movimento índigo afirmam que tais crianças começaram a nascer na década de 80 e em força (por conseguinte, em plena Nova Era, ao mesmo tempo que nasciam novas igrejas e credos).
    Em "O Choque do Futuro" e mais tarde em "A Terceira Vaga" Alvin Toffler já alertara (ainda que sumariamente) para o aparecimento de novos "produtos espirituais".

    Embora o meu nome apareça (sem autorização) num livro dedicado ao tema explicando que o mundo está a gerar crianças diferentes eu quero deixar claro que as minhas palavras referem-se a uma outra realidade, literalmente diferente. E é esta (que nem sequer é uma descoberta; é uma constatação): as crianças nascem hoje mais saudáveis, mais nutridas e, por conseguinte, mais desenvolvidas e melhor dotadas de capacidades (cognitivas, físicas, etc.)do que antigamente. Isto é, aliás, óbvio nos países industrializados pelas razões que se conhecem. Não vale a pena enumerá-las.
    Não é pois de surpreender que, por exemplo, se detectem, actualmente, mais crianças ditas "sobredotadas" (conceito aceite pela Psicologia desde há 50 anos) do que há décadas atrás pois até então a maioria da população infantil nascia e vivia subnutrida.
    Nada disto tem a ver, é evidente, com o "fenómeno" índigo o qual continua a gerar subprodutos: crianças cristal, crianças arco-iris, etc.
    Respeito as crenças das pessoas (nomeadamente aquelas que acreditam piamente nas crianças índigo) mas é algo que eu sempre temo. As crenças podem tornar-se muito poderosas e são muito mais difíceis de abalar do que as fazer despontar. E, geralmente, quanto mais são atacadas mais elas se fortalecem.
    Haja, porém, lucidez.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  3. Caro Nelson,

    Quando estive à procura de coisas sobre as crianças índigo vi várias referências ao seu nome, mas também me apercebi que o Nelson e não é um adepto desta crendice, e que essas referências eram mais por mau jornalismo. Por isso não o referi aqui.

    E concordo com a sua explicação. É claro que crianças mais bem nutridas e com mais estímulos (livros, infantários, televisão) vão-se desenvolver melhor.

    Mas discordo desse respeito pelas crenças dos outros. As crenças são ideias como qualquer outra, e não é pelo apego emocional que alguns lhes sintam que se tornam menos criticáveis ou discutíveis.

    E quando são crenças que podem prejudicar crianças penso que temos mesmo o dever de o fazer. Concerteza também o preocupa que alguém sem formação reconhecida em psicologia esteja a dar consultas a crianças com problemas recorrendo ao Reiki e à astrologia...

    ResponderEliminar
  4. Parece-me existir um contra-senso qualquer no facto da era do aquário se iniciar quando termina a era dos peixes. Se deixam de haver peixes, para que é que serve o aquário?

    Já as crianças arco-íris têm a grande vantagem de acabarem definitivamente com o racismo baseado na cor da pele...

    ResponderEliminar
  5. Nelson Lima28/09/07, 10:08

    Ludwig,
    Concordo com as suas preocupações.
    E agradeço que tenha compreendido a minha posição relativamente ao tema.

    ResponderEliminar
  6. Helder,

    A questão não é bem assim. A criança arco-iris que se mexa muito, vai parecer mais branca que as mais paradinhas, e é logo a descriminação. :-)
    Além de que o arco-iris de cada uma depende do prisma... Os prismas de melhor qualidade são muito mais arco-iris que os outros, e depois voltamos à velha questão de haver uns mais arco-iris que os outros. :-)

    ResponderEliminar
  7. Paulo Marques:28/09/07, 15:06

    A comunidade índigo de Lisboa está a agitar-se e já há advogados no meio (sei de fonte segura).
    A Isabel, que eu conheço, não é pêra doce e vai dar luta mas não é aqui nestas páginas.
    Sei - já aconteceu em Portugal - que o Google pode, em qualquer altura e por qualquer motivo (queixa judicial, reclamação insistente de pessoas que se sintam lesadas, etc), cessar o Serviço, rescindir, suspender ou encerrar contas. Em caso de cessação, as contas são desactivadas e os utilizadores não podem ter acesso às mesmas ou a quaisquer ficheiros ou outro conteúdo das mesmas, sendo mantidas cópias residuais de informações do sistema durante algum tempo para efeitos de segurança por parte do Google.
    Fica a informação para que se prepare para uma trabalheira dos diabos com prejuizo eventual para a sua imagem de docente.

    ResponderEliminar
  8. António,
    mas isso é óptimo: como continua a prevalecer a opinião de que «branco é que é bom», os pais vão finalmente obrigar os miúdos a mexerem-se. Acaba-se a com televisão e a obesidade, duas chagas - passo a expressão - da sociedade portuguesa (na minha opinião, a primeira mais grave do que a segunda). Viva as crianças arco-íris! (Hoje fui roubar uma pontinho de exlamação à Abobrinha, espero que ela não se zangue)
    Cristy

    ResponderEliminar
  9. Cristy,

    É mais ou menos esse o espirito. :-)

    Agora tenho uma cusiosidade. Como é que alguém consegue descobrir capacidades extraordinárias noutra pessoa? Manifestam-se de algum modo especial? Há alguma mensagem subliminar? É que no caso de ter de se provar uma aptidão especial de alguém, é bom ter critérios concretos para provar o que se afirma, senão a coisa pode não pegar lá muito bem quando confrontada com a necessidade de provas...

    ResponderEliminar
  10. Cristy

    Eu ia responder assim:

    Zangar-me? Nã! Eu poria dois, mas tudo bem! Tenho pontos de exclamação para dar e vender (mas passa para cá 50 euros!).

    Mas depois li o último comentário. E mudei a minha resposta para:

    Senhora Cristy

    A comunidade de pontos de exclamação a nível mundial está a agitar-se e já há bastonários de ordens de advogados de vários países em movimento (sei de fonte segura).

    A Abobrinha que eu conheço não vai deixar assim uma qualquer (por irmã de Krippmeister que seja!) usurpar os seus pontos de exclamação! Vai dar luta nestas páginas e onde for preciso.

    A pessoas que roubaram pontos de exclamação à Abobrinha... aconteceram coisas muito estranhas, muito para além dos limites da lei.

    Fica a informação para que se prepare para uma trabalheira dos diabos com prejuizo eventual para a sua imagem de irmã de docente.

    Com os melhores cumprimentos

    Abóbora menina


    Que é que foi?? Não posso ser ultrapassada por um outro qualquerzinho a dar-se aos ares de exagerado! Paguei bem pelo lugar de exagerada de serviço!

    E um dia destes vou ser inibida de tomar café, tipo os gajos que são impedidos de entrar em casinos. Porra!

    ResponderEliminar
  11. paulo marques,
    A comunidade de doentes de Parkinson de Lisboa está a agitar-se também (sei de fonte segura).

    ResponderEliminar
  12. Já agora, a comunidade de pessoas racionais e que não acreditam em coisas destas até haver provas (esta nem era preciso dizer, a coisa nem consistência interna parece ter) também está agitada. Caro Ludwig, se for preciso, contribuo financeiramente para a sua defesa (mas pouco que isto não está fácil :-) ).
    Estas pessoas não só importam estas "teorias" de lá de fora, também usam as mesmas estratégias que os "colegas" afins usam nos EUA: Criticam-me? Tribunal com ele!
    (Se é que é mesmo verdade esta coisa dos advogados e tal).

    ResponderEliminar
  13. Bem, se mete advogados penso que lhe poderão dizer que não tem por onde me processar. Não estou a dizer mentiras (está tudo no site dela), e cito apenas fragmentos para crítica, o que é permitido pela legislação de direitos de autor.

    Que ela consulte um advogado a saber o que pode fazer, até pode ser. Mas não vejo aqui nada de errado, muito menos de ilegal.

    E como estratégia de relações públicas processar os críticos é sempre asneira...

    ResponderEliminar
  14. Caro Victor,

    Obrigado pelo apoio, mas penso que do ponto de vista legal não devo ter que me preocupar. O meu post simplesmente aponta algumas coisas no site da Isabel Leal, que ela própria publicou.

    Mas não sei se ela conseguirá fechar este blog. Os EUA têm algumas leis que funcionam muito mal, e se ela conhece advogados lá talvez o faça. Mas eu tenho backups de todos os posts. Ficava sem os comentários, mas numa hora tinha isto online no wordpress ou outro.

    E penso que a comunidade de blogues portugueses não ia ficar silenciosa se alguém mandasse fechar um blog para calar as críticas. Tenho a impressão que isso é do tipo de coisas que aparecia logo em todo o lado.

    E graças ao aviso do Paulo Marques, agora todos os que passarem por aqui podem já fazer uma cópia local desta página para pôr logo online se isto desaparecer :)

    ResponderEliminar
  15. Eu não faço cópias locais, mas, gostava de saber se a senhor tem a actividade em causa registada, e já agora registada como o quê?
    É só para saber por que via é que se pode agarrar...

    ResponderEliminar
  16. «Ficava sem os comentários»

    Parte integrante - e recorrentemente hilariante - do site e não deve vender-se em separado.

    ResponderEliminar
  17. António,
    A forma de reconhecer essas criancinhas é através de vibrações, auras e campos magnéticos, claro está (e provavelmente esqueci-me de algum outro igualmente relevante).

    Abobrinha,
    sendo assim, devolvo tudo, está aqui: ! podes levar.

    Mano,
    não te preocupes, mesmo que a coisa vá para tribunal, pelo andar da justiça portuguesa, até o caso estar resolvido, estamos todos reformados. E como é que se faz uma cópia "local"?

    Cristy

    ResponderEliminar
  18. Cristy,

    Está explicado então porque é que tantas pessoas não têm sentido de orientação. Com esse campo magnético das criancinhas deve ser dificil usar uma bussúla ao pé delas.

    ResponderEliminar
  19. Uma coisa boa resultou disto. Descobri o HTTrack. Dá para fazer uma imagem completa do blog. Tem que se configurar umas coisas (exclui tudo o que tem search e archive para não ficar com duplicados) mas funciona bem. Assim já tenho todos os posts e comentários.

    Cristy: Para fazer uma cópia local de qualquer página basta fazer save as ou o equivalente do browser que uses.

    ResponderEliminar
  20. aaah, está bem, pensei que fosse algo mais complicado do que isso. Está feito: podes continuar a bater em quem merece :-)
    Cristy

    ResponderEliminar
  21. Cristy

    Não tens piada nenhuma. Eu ainda nem te tinha ameaçado de morte por usurpação de ponto de exclamação! Além de que não quero esse: já é usado!

    Gostava de querer dizer algo de igualmente engraçado sobre a justiça, mas não consigo... estaria a mentir e não gosto de fazer isso!

    ResponderEliminar
  22. Caro Paulo Marques, o seu comentário também me agitou. Mais concretamente agitou-me o tracto intestinal. E teve como consequência uma cópia deste post no meu blog. Parabéns!

    Já agora, veja lá se adivinha qual é o gesto que a minha aura lhe está a fazer? Aposto que nem precisa perguntar a nenhuma criancinha alucinada...

    Para insultar a minha inteligência visite o Krippart

    ResponderEliminar
  23. Krippmeister,

    Ficasteis mesmo abalado ó grande mestre dos poligonos do Guilherme a saltar da caixa!
    O link do comentário saiu:
    https://www.blogger.com/www.krippart.blogspot.com
    :-)

    ResponderEliminar
  24. Epá, que sorte. Já não é preciso o Paulo Marques ir ao Krippart insultar a minha inteligência, aparentemente eu faço um belo trabalho sozinho.

    O link é www.krippart.blogspot.com

    Obrigado Antonio :-)

    ResponderEliminar
  25. Herr Krippmeister

    Se insultassem ou ameaçassem a minha irmã, até eu me atrapalharia a teclar um link. Isso (é claro) depois de ter feito o traste engolir os dentes por isso!).

    Não te aflijas, porque concordando ou não com as opiniões de quem quer que seja, ninguém aceitaria impavida e serenamente que se fechasse um blogue. Eu contribuiria pessoalmente com muitos pontos de exclamação e uns decibeis mais que muito aceitáveis(não sei se sabem, mas eu sei mandar uns berros de qualidade que assustam os mais incautos).

    Só por causa disso, contribuo já com uma resma de pontos de exclamação para os Krippahl. Podem distribuí-los irmamente ou concentrá-los todos num. Se precisarem de mais, gritem!
    É que eu falo alto e muito, mas também ouço (a não ser quando estou distraída, o que vai acontecendo de vez em quando, quando estou com a cabeça na lua)!

    ResponderEliminar
  26. Olá Ludwig,
    Acho que vou fazer copy do teu artigo e por no meu blog, quero ver se alguem me insulta por lá que aquilo anda muito calmo, ainda por cima o meu anonimo fugiu e nunca mais disse nada :(

    Se for necessário uma aura com muito mau feito de tal forma que funde as capacidades da mais poderosa das criancinhas Índigo, é só chamar, é que tens de ter cuidado senão ainda alguma lê a tua aura e descobre que és boa pessoa ou coisa do genero, depois é um sarilho;)

    ResponderEliminar
  27. Obrigado pelo apoio. Eu julgo que eles já devem ter percebido que nestas coisas é melhor não fazer ondas, mas nunca se sabe.

    Curiosamente, recebi um comentário num post antigo onde mencionava os índigo a dizer para não atirar «a pedra». Aparentemente, exprimir uma opinião contrária é atirar pedras. Mas presumo que ameaçar fechar o blog já seja aceitável...

    ResponderEliminar
  28. Eu começo por não perceber estas terminologias, tenho uma dificuldade enorme em compreender como é que "adultos" vão naquelas tretas

    ResponderEliminar
  29. Não haverá tambem crianças vermelhas, verdes, madeira, papelão e afins? Parece uma categorização como aquela feita em "Almiravel Mundo Novo", de Aldous Huxley, em que as crianças são separadas por castas, sendo os Alphas as mais dotadas, e as Omegas as menos dotadas.

    ResponderEliminar
  30. "A comunidade índigo de Lisboa está a agitar-se e já há advogados no meio (sei de fonte segura).
    A Isabel, que eu conheço, não é pêra doce e vai dar luta mas não é aqui nestas páginas.
    Sei - já aconteceu em Portugal - que o Google pode, em qualquer altura e por qualquer motivo (queixa judicial, reclamação insistente de pessoas que se sintam lesadas, etc), cessar o Serviço, rescindir, suspender ou encerrar contas. Em caso de cessação, as contas são desactivadas e os utilizadores não podem ter acesso às mesmas ou a quaisquer ficheiros ou outro conteúdo das mesmas, sendo mantidas cópias residuais de informações do sistema durante algum tempo para efeitos de segurança por parte do Google.
    Fica a informação para que se prepare para uma trabalheira dos diabos com prejuizo eventual para a sua imagem de docente."
    A comunidade vermelha de Alcabidexe e a comunidade verde de alfragide tambem vão protestar contra a liberdade de expressão destes inergumenos do ktreta. A comunidade amarela do Bairro Alto é indiferente em relação ao assunto e a comunidade rosa do Rato diz que vai fazer como sempre fez, votar no PS. A comunidade laranja das laranjeiras infelizmente não pode ir à manif. porque tem de prestar contas com a comunidade rosa, votando no PSD. A comunidade ultravioleta da Alfragide, como sempre, estará ocupada a degradar os cabos de borracha da "Cabos d' Ávila. Posto isto, há cores que não combinam.

    ResponderEliminar
  31. For your information!!!

    Crianças Índigo e Crianças Cristal
    Estes seres estão a chegar à Terra, cada vez mais e mais... encarnando em todos os países, em todas as raças, em todos os níveis sociais, nas aldeias mais distantes e nas cidades mais populosas e muito... muito possivelmente dentro da nossa própria família, bem debaixo do nosso nariz!


    As Crianças Índigo estão encarnar aqui na Terra há bastante tempo, mas vinham poucas, até que depois da segunda guerra mundial começaram a vir em maior número e a partir da década de 80 começaram a chegar cada vez mais e mais.

    Pesquisadores americanos estimam que depois de 1995 oitenta e cinco por cento dos nascimentos ocorridos na Terra é de crianças índigo!



    Consta que Astrónomos como Freidrich Wilhelm Bessel , Paul Otto Hesse , José Comas Sola, Edmund Halley , depois de estudos e cálculos minuciosos, chegaram à conclusão de que o sistema solar gira em torno de Alcione , estrela central da constelação das Plêiades (constelação de Touro).


    Nosso Sol é, portanto, a oitava estrela da constelação e leva 26 mil anos para completar uma órbita ao redor de Alcione . Descobriu-se também que Alcione tem à sua volta um gigantesco anel de radiação que foi chamado de cinturão de fotons (representa uma energia que está a chegar até nós). Um fóton consiste na decomposição ou divisão do electrão , sendo a mais ínfima partícula de energia electromagnética.


    A cada dez mil anos o Sistema Solar penetra por dois mil anos nesse anel de fótons , ficando mais próximo de Alcione . A última vez que a Terra passou por ele foi durante a Era de Leão, há cerca de doze mil anos.


    Na Era de Aquário, que terminou agora e está a iniciar a de Peixes, ficaremos outros dois mil anos nesse anel de radiação. Sob a influência dos fótons , todas as moléculas e átomos do nosso planeta passam por uma transformação, precisando se readaptar a novos parâmetros. A excitação molecular cria um tipo de luz constante, permanente, que não é quente, uma luz sem temperatura que não produz sombra nem escuridão. Talvez por isso os hindus chamem de Era da Luz os tempos que estão por vir.


    Desde 1972, o Sistema Solar começou a entrar no cinturão de fótons , e em 1987 foi a Terra que começou a penetrá-lo, estando a avançar gradualmente até que no ano de 2012 deverá estar totalmente imersa por sua luz.


    As pessoas despertas acordarão como de um sonho com seus centros de energia totalmente abertos, livres do véu do esquecimento, tanto pessoal quanto planetário, pertinentes à terceira dimensão. As pessoas começarão a se reconectar com suas origens e propósitos da alma, que é o retorno da Consciência Crística para o planeta.


    Um novo campo de percepção está disponível para aqueles que aprenderem a ver as coisas de uma outra forma. Desde a década de oitenta, quando a Terra começou a penetrar no cinturão de fótons , estávamos nos sincronizando com a quarta dimensão e nos preparando para receber a radiação de Alcione , estrela de quinta dimensão.


    O véu do esquecimento que envolve o nosso planeta cairá de tal modo que os primeiros Semeadores de Vida na Terra, vindos de outros sistemas, reaparecerão para nos auxiliar a firmar uma nova civilização e a incorporar uma nova realidade.


    Prestem atenção, eu vou repetir: O véu do esquecimento que envolve o nosso planeta cairá de tal modo que os primeiros Semeadores de Vida na Terra, vindos de outros sistemas, reaparecerão para nos auxiliar a firmar uma nova civilização e a incorporar uma nova realidade.



    É aqui que entram as Crianças Índigo - essas crianças fascinantes... fantásticas... fabulosas... que são o próximo passo na nossa evolução como espécie humana. É evidente que algo se está a passar. Mas, o quê?

    As Crianças Índigo são crianças espectaculares. E estão a chegar para ajudar na transformação social, educacional, familiar e espiritual de todo o planeta, independentemente de fronteiras e de classes sociais. São catalisadores desencadeando as reacções necessárias para a transformação.
    Elas possuem uma estrutura cerebral diferente no tocante ao uso da potencialidade dos hemisférios esquerdo, menos desenvolvido, e direito, mais desenvolvido. Isso quer dizer que elas vão além do plano intelectual. Elas exigem do ambiente à sua volta certas características que não são comuns nas sociedades actuais. E elas vão agir, aliás, já estão a agir, através do questionamento e transformação de todas as instituições rígidas que as circundam, começando pela família. Família que se baseia na imposição de regras, sem tempo de dedicação, sem autenticidade, sem explicações, sem informação, sem escolha e sem negociação. Essas crianças simplesmente não respondem a essas estruturas rígidas, porque para elas é imprescindível haver opções, relações verdadeiras e muita negociação. Elas não aceitam serem enganadas porque elas têm uma intuição para perceber as verdadeiras intenções dos adultos e não têm medo. Portanto, intimidá-las não traz resultado, porque elas encontrarão uma maneira de obter a verdade.


    A segunda instituição vulnerável à acção dos Índigos é a escola. Hoje, o modelo de ensino é sempre imposto sem muita interacção, um modelo feito para o hemisfério esquerdo do cérebro, o racional, o lógico, incompatível com os Índigos que naturalmente têm o hemisfério direito mais desenvolvido, o que lhes dá o grande poder intuitivo, a grande capacidade de percepção extra-sensorial. Como elas possuem uma estrutura mental diferente, elas resolvem problemas conhecidos de uma maneira diferente, além de encontrar formas diferentes de raciocínio que abalam o modelo actual de ensino.


    Assim, através do questionamento, elas influenciarão todas as demais instituições, o mercado de trabalho, a cidadania, as relações interpessoais, as relações amorosas, as instituições espirituais, pois elas são essencialmente dirigidas pelo hemisfério direito.



    Mas porquê índigo? Porquê Crianças Índigo?

    O nome : Criança Índigo refere-se à cor da sua aura, o azul-índigo , que indica uma aura de Mestre. São crianças especiais que decidiram encarnar no nosso planeta com uma missão e um objectivo específico: são guerreiros, detonadores de sistemas! Elas já vêm ao nosso planeta há bastante tempo. Alguns até argumentam que Jesus era índigo, pois a missão dele, numa escala global, era mudar a consciência da humanidade.


    Nos anos setenta, começaram a vir em ondas. Muitos deles... seres que hoje estão nos seus vinte...trinta anos, a geração guerreira que começou a desafiar e a mudar os velhos sistemas. Nos anos oitenta e noventa, mais e mais ondas de índigos chegaram, agora com uma sensibilidade e refinamento maiores ainda! E no final dos anos noventa e início de dois mil eles ganharam a companhia das "Crianças Cristal" que chegam também como guerreiros... mas guerreiros espirituais!


    Presentemente, estamos a ver uma geração de Mestres vindo para o nosso planeta, essas crianças também chamadas de "Crianças das Estrelas". Elas são a nossa esperança para o futuro, elas são a nossa esperança para o presente.



    Mas como reconhecer um Índigo?

    A resposta óbvia seria verificar a cor da sua aura. Mas nem todos os Índigos têm a aura na cor azul-escuro o tempo todo. O termo Índigo também se refere ao estado da alma para além da cor da aura, que muda um pouco de acordo com sua disposição e seus interesses. Videntes que vêem os estados da alma podem identificar Índigos. No entanto, é fácil identificar um Índigo pela sua sensibilidade, criatividade, espiritualidade e padrões gerais de comportamento.


    Como crianças, elas parecem-se com todas as outras crianças, embora sejam frequentemente bonitas e com olhos penetrantes. São sempre altamente inteligentes e cheias de perguntas e exigências. Têm muita energia, são muito activas, têm muita força de vontade e um senso forte do seu próprio valor e importância. Sabem que são especiais e que estão aqui para fazer alguma coisa significativa. Possuem amigos "imaginários" e adoram fadas e golfinhos.


    A inteligência excepcional das crianças índigo pode ser exasperante para os adultos. Ninguém lhes dirá o que fazer, elas quererão debater e negociar cada instrução, cada ordem. Até que os pais aprendam que estão a ser ensinados e aprendam a respeitar o direito de escolha da criança e honrar essa escolha, eles continuarão a ser confrontados com lutas de poder e batalhas de força de vontade. A maneira correcta de lidar com um Índigo é de estar disposto a negociar, explicar, dar-lhe escolhas. Ordens como "faz assim porque eu mando" só produzirão hostilidade e indiferença.


    Os Índigos geralmente não gostam nada da escola. Ficam entediados pelo passo vagaroso e pelas tarefas repetitivas. Aprendem através do nível de explicação, resistindo à memorização mecânica ou a serem simplesmente ouvintes. São hiperactivos, distraem-se com facilidade, tendo baixo poder de concentração. Têm alta sensibilidade, não conseguem ficar quietos ou sentados, a menos que estejam envolvidos em alguma coisa do seu interesse. Por serem orientados pela parte direita do cérebro, quando adultos, são geralmente atraídos por actividades e ocupações que usam o hemisfério direito, como a música, a arte, a escrita, a espiritualidade. Adoram cristais, Reiki , meditação e yoga. São intensivamente leais aos seus amigos, acreditam em honestidade e comunicação nas relações. Ficam frequentemente desconcertados com a desonestidade, a manipulação e outras formas de comportamento egoísta.


    Uma das características chave dos Índigos é frequentemente a sua ira. As figuras de autoridade não conseguem nada com elas. Num nível profundo, elas não reconhecem a autoridade. Sabem que somos todos iguais e por isso ficam irritados, furiosos mesmo, com aqueles que se comportam ditatorialmente , quer sejam pais, professores ou patrões. São muito compassivos, amam os animais e qualquer forma de vida; têm muitos medos, como medo da morte e perda dos seres amados. Se experimentam muito cedo decepção ou falha, podem desistir e desenvolver um bloqueio permanente.


    Um problema sério quando se trata de Crianças Índigo é o diagnóstico errado habitualmente dado aos índigos, catalogados como portadores de Sindroma do Défice de Atenção ou do Sindroma do Défice de Atenção e Hiperatividade. Com isso, dá-se medicação, sedando toda a sua imensa potencialidade.


    Estas crianças estão aqui para nos ajudar na transformação do mundo. Portanto nós precisamos de aprender com elas, principalmente escutando-as e observando-as.


    As Crianças Índigo chegam aqui para nos dar um novo entendimento, são verdadeiros presentes para os pais, para o planeta e para o universo. Quando honramos estes pequeninos como presentes, nós vemos a sabedoria divina que eles trazem para ajudar a crescer a vibração do nosso Planeta.
    O passo mais importante para entender e se comunicar com essas crianças é mudar a nossa forma de pensar a respeito delas, derrubando os nossos paradigmas para honrar os pequeninos como presentes ao invés de problemas. Assim abriremos as portas para perceber a grande sabedoria que elas trazem. Eles honrarão essa intenção, e um caminho para o entendimento aparecerá.

    Até aqui, falamos dessas crianças maravilhosas, as Crianças Índigo. Mas existe mais... as Crianças Cristal estão a chegar!



    Por volta do ano dois mil essas crianças começaram e encarnar na Terra. Elas representam o próximo passo na evolução humana. Elas seguem às crianças índigo. Sua missão é completar o trabalho começado pelos índigos. Elas também são detonadores de sistemas, são os guerreiros espirituais que vêm desmantelar e remover maneiras velhas e limitadas de pensar e vêm para começar o processo de renovação e reconstrução.


    A missão primária de uma Criança Cristal é ensinar as maneiras de vida muiltidimensional em harmonia, paz e amor. Elas estão a chegar para nos ensinar como viver vidas emancipadas com o reconhecimento dos nossos plenos poderes. Elas vêm para nos ajudar a nos ligar novamente com as Energias Divinas. Elas representam o caminho futuro da raça humana. E uma das dádivas mais mágicas delas para conosco é que elas são catalisadores para a nossa evolução: várias crianças e adultos Índigo estão a fazer transição para o estado Cristal com a ajuda da elevação energética que essas crianças fornecem pela mera presença delas na Terra.

    As Crianças Cristal são primariamente reconhecidas pelas suas auras que são geralmente claras como cristal mas também podem ter tons de dourado, azul-índigo ou púrpura, dependendo de sua afiliação de Raio. As Crianças Cristal nascem com acesso ao seu Eu Multidimensional e estão geralmente ancoradas na Sexta Dimensão com a habilidade de se abrirem para a Nona Dimensão, a completa Consciência do Cristo! Isso quando o planeta estiver pronto, provavelmente em torno do ano de 2012, quando a primeira geração de Crianças Cristal atingir os 12 anos de idade.


    Existem algumas características bastante definidas que as Crianças Cristal têm quando encarnam:
    São geralmente bebês grandes e frequentemente têm cabeças que são proporcionalmente grandes para os seus corpos. Tem olhos grandes e penetrantes as pessoas, nos olhos, por longos períodos. O que esses bebés estão a fazer é acedar os registros de alma do adulto e ler quem é ele. Esse é um comportamento perfeitamente normal para essas crianças e elas ficarão muito contentes se o adulto fizer o mesmo de volta. É a maneira cristal de se comunicar, olhar para a alma de outro ser e sentir quem é ele. Uma coisa que todos nós aprenderemos a fazer no futuro.


    Emocionalmente, elas são geralmente bebés muito bons e calmos formando um laço intenso com a mãe. Esta é, geralmente, a primeira encarnação delas neste planeta e precisam da reafirmação e estabilidade que a presença física da mãe pode oferecer. São crianças extremamente amorosas e frequentemente procurarão ajudar e curar tanto humanos como animais em sofrimento. São crianças também extremamente sensíveis. Elas não só são capazes de ler o registro da alma de uma pessoa como também sentir todas as tensões e raivas não resolvidas que a pessoa carrega no seu subconsciente. É por isso que elas são tão sensíveis ao seu meio ambiente.


    Educar uma Criança Cristal pode ser um verdadeiro desafio. Frequentemente os assuntos não resolvidos dos pais são sentidos pela criança , que será afetada negativamente por essas emoções. Mas a característica pessoal mais fora de série das Crianças Cristal é o seu poder. Elas são muito poderosas! Elas têm as energias poderosas de um Mestre da Sexta Dimensão. É por isso essencial que os pais aprendam a respeitá-las e a negociar com elas. Senão essa energia poderosa será usada em lutas por poder que seus pais ou educadores nunca irão ganhar.


    Crianças Cristal têm várias dádivas especiais que derivam das suas habilidades multidimensionais. Elas têm a habilidade não só de ler os campos de energia das pessoas como muitas outras habilidades psíquicas, desde mover objetos mentalmente até ler livros sem abrí-los e ainda têm uma grande habilidade de comunicar-se telepaticamente e é por isso que elas, às vezes, não falam até que tenham 4 ou 5 anos de idade.


    A missão de todas as Crianças Cristal é avançar a evolução humana pelo processo da ascensão. Elas estão aqui para nos mostrar como viver de uma maneira completamente nova e diferente.


    Só por chegarem em tão grande número e ancorarem a Energia Crística, elas estão facilitando uma mudança nas energias planetárias. Mas também estão aqui para nos ensinar técnicas de vida multidimensional para o reconhecimento dos nossos plenos poderes.


    A Criança Cristal move-se facilmente entre as diferentes dimensões. Não estão nada limitadas ao mundo da terceira dimensão; embora tenham corpos e funcionem na realidade da terceira dimensão, elas estão essencialmente sintonizadas na sexta dimensão e trazem essa energia para o nosso planeta.
    O princípio fundamental por trás dessa maneira de viver é a Consciência da Unificação. As Crianças Cristal percebem e vivem a Unidade. Elas sentem as energias dos outros. Elas apanham ansiedade e stress que não são delas. Elas sentem as toxinas no ambiente e na comida.


    Temos que estar conscientes da dádiva que estas crianças nos trazem. Elas são o futuro. E a dádiva especial delas para conosco é nos dizer que nós nos podemos tornar no que elas são agora, se deixarmos que as suas energias nos movam para o próximo degrau na escala da evolução.


    Ao chegarem em número tão significativo elas estão precipitando o despertar espiritual de grande número de humanos. E não há limite de idade para isso. Podemos ter 10 ou 100 anos e ir nessa onda de energia Cristal e renascer no seu estado Crístico!




    Aos pais de índigo e cristal:

    Não as forcem a enquadrar-se nos velhos moldes. Elas chegaram com novas marcas de nível superior para a humanidade, codificadas dentro do seu ser. Elas carregam em seu interior grande sabedoria espiritual.
    Lembrem-se de que vossos filhos não são vocês. Em outros níveis do seu ser vocês estabeleceram acordos com eles para permitir-lhes vir através de vocês para a experiência no plano terrestre. Repito, eles vieram através de vocês mas não são vocês. Cada um deles é único e vem com sua própria personalidade, talentos e pensamentos. Não esperem que eles vivam os seus sonhos, pois eles têm os seus sonhos próprios.


    Passa a ser vossa tarefa amá-los incondicionalmente, sustentá-los e encorajá-los nas suas explorações e ajudá-los a descobrir seu propósito de estarem aqui, suas missões e a exercerem os papéis apropriados para eles.
    Estas crianças trazem sistemas neurológicos diferentes em seus corpos. Elas exigirão muito amor e compreensão por parte de suas famílias e da comunidade. Essas crianças podem parecer desajustadas e de certo modo são, porque elas anunciam a chegada da sétima raça original, a raça índigo ao nosso planeta. Elas são as precursoras de seres de dimensões ainda superiores que virão.


    Seria conveniente que vocês ampliassem vossos horizontes com alguns estudos metafísicos. Seria desejável iniciar momentos de meditação familiar e que cada pessoa possa compartilhar em comunhão espiritual, para permitir que cada membro da família participe de algum modo. Além disso, as crianças sabem que existem anjos em volta que encorajem essas conexões. Permitam que o reino angélico participe desses momentos miraculosos no plano terrestre.

    Dêem ouvidos aos vossos filhos quando eles manifestarem o desejo de compartilhar suas experiências com sonhos. Muita informação é transmitida, os sonhos trazem mensagens da alma.


    Encorajem seus filhos a apreciar e respeitar a natureza, a sentir a terra, a observar as plantas e os animais em seu ciclo através das estações.

    Ensinem-nos a amar e respeitar seus animais de estimação. Se possível, levem-os à praia, às montanhas e às planícies. Permitam que eles vejam diretamente a grandeza do planeta. Pergunte o que eles estão a ver, sentir e talvez ouvir pois eles não irão ver, ouvir e sentir o mesmo que vocês.

    Dêem-lhes ouvidos. Eles são sábios. Permitam que eles vos ensinem de modo a que vocês possam compartilhar de seu encanto.


    Com a mescla dos planos astrais inferiores no plano físico, vossos filhos podem ver figuras, formas e outras aparições... essas visões durante a vigília são válidas e podem ser divertidas ou assustadoras... sábio é o pai que não rejeita essas experiências de seus filhos. Encorajem os vossos filhos a falar sobre essas experiências, e riam com eles ou compadeçam-se com eles mas permitam que eles manifestem essas visões. Trabalhem com os vossos filhos para passar essas entidades para as mãos orientadoras das forças angelicais, que em troca os conduzirão a seus lugares apropriados em outros planos de existência.


    Não sejam precipitados nas vossas avaliações, pois os vossos filhos não são loucos. Se vocês, de alguma maneira, ficam confusos sobre como cuidar destas crianças e do seu crescimento, procurem orientação apropriada daqueles que compreendem princípios metafísicos e espirituais e a transmutação de energia.


    Dêem aos seus filhos a máxima atenção. Eles nos ensinarão muito e vocês serão abençoados por eles. Amem incondicionalmente. Abençoem vigorosamente. Tratem com grande carinho, pois eles são os vossos instrutores. Eles vêm para cá com muito amor para compartilhar e vêm com paz, harmonia, tolerância e alegria nos seus corações.


    Sim, ouçam bem, pois eles trazem-nos lições de sabedoria.

    ResponderEliminar
  32. EStou radiante.Encontrei um sítio na net, dos que sabem tudo. Inclusive do professor Nelson Lima que me cobrou 20 000$00 por uma avaliaçÃO do meu filho, da qual não me passou factura. Falam tão mal da Isabel Leal, mas ela tratou o meu filho em troca de laranjas, tangerinas, chá ,couves e rosmaninho. E sabem porquê ? POrque eu era pobre e porque os senhores sabem tudo deste País CAGAM nos alunos diferentes que caem nas escolas.Os mais. Médicos ,psiquiatras pedopsiquiatras,professores associações. Sem esquecer a amada Ritalina que está a ser proibiba nos estados unidos e passou a ser no nosso País, a salvação da Patria. Sinceramente Devem-se ir aculturar para serem mais pessoas.Eu sou o adulto estupido que recorreu a tudo para ajudar o filho. Já agora, aquele que não tiver pecados atire a primeira pedra.

    ResponderEliminar
  33. Sou educadora de infância e pós-graduada em educação especial. Quero esclarecer uma coisa: os índigo não são nenhum movimento ou grupo ou seita... há de facto crianças sem ou com diagnóstico médico que apresentam determinadas características como hiperactividade, impulsividade e desafiadoras da autoridade quanto a velhos dogmas e maneiras de pensar (são irrequietas, desatentas e só param geralmente quando as coisas lhes interessam). São muito sensíveis e revelam uma maturidade enorme para a idade. Vêm algo que os outros não vêm, sentem a energias das pessoas, lugares e animais e é por isso que gostam tanto na natureza (do que é genuíno e puro)... e já lidei e lido com estes alunos... e sei do que falo... Por vezes fazem mesmo premonições, conseguem sentir e ler o nosso pensamento porque vêm a energia que nos rodeia e detestam a hipocrisia, a falsidade e dogmas... talvez devessemos reflectir que raio de mundo construímos ... materialista e somente materialista onde a pureza quase nem existe e só interessam as notas da escola e ser-se bem sucedido... estas crianças são a prova da evolução da humanidade... revelam um forte sentido crítico e uma grande capacidade de análise e ficam desiquilibradas quando muito tempo fechadas ou constantemente contrariadas nas suas aptidões naturais... precisam ser escutadas e AMADAS... para se desenvolverem e levarem a bom porto a sua "missão" de cura deste planeta e evolução da espécie humana. E acreditem que elas também se sentem incomodadas com as mentes frias e racionalistas... que não vêm para além disso... fica aqui o desafio a pais, professores e a TODOS: vamos VER com olhos quem quer realmente VER!!!e AJUDÁ-LAS!

    ResponderEliminar

Se quiser filtrar algum ou alguns comentadores consulte este post.