segunda-feira, outubro 15, 2007

O Portador da Pipa.

A sabedoria popular tem muita razão quando nos diz que ele há com cada coisa. Movido por uma curiosidade masoquista, estava a ler umas páginas da lista de «facilitadores» no Universo de Luz (1) quando encontrei a do Miguel Ruah, sobre «Cerimónias Índias do Caminho Vermelho» (2).

O Miguel tem um curriculum invejável. Estudou Cabala e Tarot em Israel. Conheceu o Caminho Vermelho, que é mais que uma tradição. É uma Tradição. E foi «reconhecido perante os Concelhos de Anciãos dos países de todo o mundo como um ancião.» Um feito notável. Se a fotografia na página é recente, é o ancião mais bem conservado que eu já vi.

De notar também que já fez a sua terceira Dança do Sol (de um total de quatro), e que, por isso, agora é o Portador da Pipa: «como Portador, a tarefa que aceitei é guardar e carregar essa pipa até àqueles que querem dirigir-se ao alto através dela.» Sim, caro leitor. Também me pareceu de início que a Pipa seria um cachimbo, e pensei ora, isso até eu fazia. Mas se é para se dirigirem ao alto através dela tem que ser uma grande pipa. Não é qualquer ancião que a Porta.

Não sendo pessoa de descansar sobre os louros, o Miguel promoveu também «várias Cerimónias do Tabaquinho Sagrado». Talvez por modéstia, não menciona o Sacramento da Bica Curta nem a Benção do Copo De Água, nas quais presumo ser igualmente dotado.

Pela sua dedicação a uma investigação séria e à divulgação dos seus conhecimentos, decidi premiar o Miguel Ruah com um ano de assinatura gratuita deste blog. Parabéns, Miguel.

1- Universo de Luz, Lista de Facilitadores por Zona e Terapia
2- Miguel Ruah

15 comentários:

  1. Mário Miguel15/10/07, 12:09

    Ludwig,

    Tu brincas com isto...
    Mas olha, que esta banha-da-cobra cada vez tem mais difusão. E ainda por cima está mais sofisticada!
    A estratégia, parece-me, tomar o caminho em que não é falseável.

    ResponderEliminar
  2. Sim, há muito deste disparate e o truque principal é fingir que tudo é crença subjectiva.

    Mas eu reajo a estas coisas em função das consequências. Se adultos decidem procurar extraterrestres ou dançar à volta do fogo a fumar o tabaquinho sagrado, gozo mas não me preocupo.

    O que temos que levar a sério são os que vendem curas, ou impingem estas tretas a quem tem doenças graves, problemas com os filhos, e coisas assim.

    ResponderEliminar
  3. Ludwig!
    Desculpa lá mas eu não autorizei esse senhor a levar a minha cadela (que se chama Pipa) para lado nenhum!!!
    Mas que grande lata!!
    Quem é ele para pensar que me leva assim a bichana se me dar cavaco, isso é que era bom!!!
    Para ficares a saber a Pipa pesa 10 Kg, é uma beagle e não gosta nada que lhe peguem ao colo, faz logo focinho de frete!:)

    ResponderEliminar
  4. Será uma pipa de vinho? Ou terão os anciãos uma bebida especial? Sei lá, Coca-cola por exemplo...

    E já agora, a Dança do Sol não deve ser pêra doce... 3 de 4 e sou eu o ancião da pipa? Parece ser uma coisa complicada!

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. leio atentamente o seu blog epor vezes até concordo consigo. Porem desta vez julgo que ultrapassou o limite da ofensa da fé que é a minha e creio também ser a de muitos milhões de portugueses.
    falo obviamente do sagrado e sacralalissimo sacramento da bica curta.
    fique vossa celencia a saber que pratico já desde os idos anos 80 esta eucaristia diaria , que me enche o coração (e o estomago) de alegria e vontade de viver, como pode você gozar com algo tão puro?
    Nem a dissidente igreja do galão de maquina bem escurinho foi capaz de insultar de maneira tão insultante os milhões (sim, milhões) de pessoas que diariamente cumpre de livre vontade o santissimo sacamento, ora tenha vergonha senhor Lu de vig

    Lucifério Satanucho

    16-10-2007 10:03

    ResponderEliminar
  7. Caro Santanucho,

    A única explicação que posso dar é a enorme revolta que sinto pela forma como o destino me amaldiçoou. O café faz-me mal ao intestino, e se a Bica me rejeita pois não tenho senão que rejeitar a Bica também.

    ResponderEliminar
  8. Ludwig

    O café não te faz mal aos intestinos: tu é que não mereces um sacramento tão sagrado!

    Agora "pipa" como má tradução de pipe (cachimbo) está na mesma linha que printar ou tirar prints em vez de imprimir! Ou scanear coisas em scanners, quando digitalizá-las num digitalizador faria o mesmo efeito. O que não é assim mau de todo, não fosse o facto de algumas pessoas não se darem conta que são a mesmíssima coisa!

    Este mundo está perdido!

    ResponderEliminar
  9. Não concordo necessáriamente com tudo o que diz aqui. No entanto, acrescento que o Miguel Ruah deixou ressentemente os "caminhos da espiritualidade" para se juntar a uma empresa chamada Agel, basicamente marting multinivel do piorio tipo herbalife... mas pior.
    E convidou, pelo que sei, felizmente tive o bom senso de não comparecer, todas as pessoas que confiavam nele (ligadas aos "xamanismo") para lhe impingir os produtos da referida empresa.
    Ora, no marting multinivel obviamente uma pessoa (esperta) não ganha dinheiro com os produtos que vende mas com os distribuidores que arranja para os vender por ela, que muitas vezes ficam individados com produtos da treta a um preso superior ao do mercado (ou seja, não é ético!!! e isto para uma pessoa com o Miguel que tanto defendia uma certa dimensão ética do humano é revoltante!
    Obrigada pelo seu blog, e por me permitir expor que sim neste caso tem muita razão!

    ResponderEliminar
  10. Cara Verbena,

    Obrigado pelo comentário e pela notícia. Já agora, esses esquemas de venda em cadeia ou pirâmide não só são imorais como podem ser ilegais. Consulte o decreto lei 272/87:

    «Artigo 13.º
    Noção e proibição das vendas em cadeia
    1- É proibido organizar vendas pelo procedimento denominado de «em cadeia», «em pirâmide» ou «de bola de neve», bem como participar na sua promoção.
    2- Para efeitos do disposto no número anterior, considera-se venda em cadeia o procedimento que consiste em oferecer ao público determinados bens ou serviços, fazendo depender o valor de uma prometida redução do seu preço, ou mesmo a sua gratuitidade, do número de clientes ou do volume de vendas que, por sua vez, aquele consiga obter directa ou indirectamente para o vendedor, o organizador ou um terceiro.»

    ResponderEliminar
  11. Já agora, pode consultar aqui umas guidelines da Federal Trade Comission para distinguir entre marketing multinível e esquemas de pirâmide (os últimos são ilegais).

    ResponderEliminar
  12. Defino com alguma legitimidade, os comentários irónicos e erráticos; principalmente sobre o "intrumento" sagrado designado por Pipa; Dança do Sol e etc. Como verdadeiros atestados de insensatez e ignorancia agravados com a vergonha de sua publicação.

    ResponderEliminar
  13. Caro Helder,

    Obrigado pelo seu comentário, mas reforça a minha conclusão que essa coisa da pipa é mesmo uma fantochada.

    Se os meus comentários fossem prova de ignorância haveria necessariamente algum facto que eu desconhecia e que iria refutar o que eu proponho aqui. Se fosse esse o caso certamente o Helder apresentaria esse facto para apoiar a sua afirmação.

    Como só veio aqui dizer que eu sou ignorante sem mais nada, devo inferir que não tem mais nada onde se apoiar...

    ResponderEliminar
  14. Gozar com o que nos ultrapassa é fácil.Mas não revela muita inteligência, pois não?ora pense, se conseguir.

    ResponderEliminar
  15. A gaja k fez este último comentário é uma prostituta k faz parte do gang, uma tal Isabel.

    ResponderEliminar

Se quiser filtrar algum ou alguns comentadores consulte este post.