terça-feira, março 08, 2011

Pareidolia

é a percepção de algo familiar, como um vulto de uma pessoa ou uma cara, naquilo que é simplesmente ruído, como a forma de uma nuvem ou das sombras em Marte. É consequência da nossa tendência para procurar sentido e informação em tudo o que presenciamos. Aqueles que até julgam que o universo todo tem um propósito, e um propósito que os inclui, costumam chamar milagre aos casos de pareidolia em que o nosso cérebro reconhece um santo na tosta queimada ou uma alegada virgem no bolor da parede. Mas eu achei mais graça a esta laranja zangada.

Aaargh

27 comentários:

  1. A nova "descoberta" de um meteorito com bactérias é muito provavelmente mais um caso desses.

    ResponderEliminar
  2. Parece o Perspectiva a ler o ktreta

    ResponderEliminar
  3. PERCEPÇÃO E REALIDADE: PIROTECNIA ARGUMENTATIVA!


    Em vez de se distrair com questões de importância nula para o debate, como a percepção de algo familiar em laranjas, o Ludwig devia concentrar-se no modo como a nave espacial Cassini, da NASA, vem desmentindo as previsões da evolução cósmica e da hipótese nebular.

    Com efeito, estudos recentíssimos mostram que as luas de saturno revelam calor e actividade geológica incompatíveis com a sua suposta extrema antiguidade.

    Daí a surpresa dos cientistas que acreditam na evolução cósmica...


    Isso não é só uma questão de percepção.

    É realidade.


    Como os factos desmentem o evolucionismo, o Ludwig entretêm os leitores com pirotecnia argumentativa.

    Pelo menos no carnaval, ninguém leva a mal.

    ResponderEliminar
  4. OS ERROS DE PERCEPÇÃO EVOLUCIONISTA: VIDA EM METEORITOS?

    Lembram-se da notícia recente de suposta evidência de vida em meteoritos ?

    Que grande erro de percepção!

    Muitos cientistas dizem que foi publicada cedo demais...

    ...devia ter saído a 1 de Abril...


    Mas também no carnaval ninguém leva a mal...

    ResponderEliminar
  5. INFORMAÇÃO CODIFICADA NO DNA: MERA PERCEPÇÃO, OU REALIDADE?

    Os criacionistas estão absolutamente convencidos de que todos os códigos conhecidos têm origem inteligente.

    Além disso estão plenamente convencidos de que existe
    informação codificada no DNA cuja complexidade, especificação, integração e miniaturização transcende toda a capacidade científica e tecnológica humana...

    Será isso mera percepção ou será realidade?

    A nossa resposta é:

    é realidade, porque é impossível refutar que todos os códigos conhecidos têm origem inteligente e que a vida depende de informação codificada de complexidade inabarcável!

    Nem Richard Dawkins ousa refutar a dependência da vida de informação codificada...

    Quem tiver dúvidas, pode tirá-las aqui e agora...

    Alguém, como o Ludwig, que afirmou aqui no seu blogue que "a chuva cria códigos" é que sofre de problemas sérios de alucinação e percepção...

    ResponderEliminar
  6. 1º Não é apenas o reconhecimento d'images pode ser um estímulo não visual

    auditivo ouvir no vento vozes ou gemidos

    the Man in the Rorschach Shirt -Ray Bradbury 1969?
    I sing the body electric ...i think so


    é um princípio utilizado em psicologia o reconhecimento da formas
    onde elas não existem

    logo...sem esta importante dádiva de deus
    o desemprego no pessoal formado in psicologia aumentava

    ResponderEliminar
  7. 2º...vou ver se ouço o discurso do p residente
    para perceber qwal a controvérsia

    3º num há..

    ResponderEliminar
  8. ERROS DE PERCEPÇÃO EVOLUCIONISTA: GALÁXIAS MADURAS ONDE SE ESPERAVA GALÁXIAS NOVAS...

    A teoria do Big Bang assenta em premissas naturalistas e uniformitaristas, segundo as quais quando observamos o espaço distante estamos também a aproximarmo-nos do tempo da origem acidental do Universo há 13,5 mil milhões de anos.

    Assim sendo, de acordo com este modelo de evolução cósmica, as galáxias mais distantes deveriam evidenciar maiores sinais de juventude, porque mais próximas do hipotético Big Bang.


    Porém, o que realmente se observa é que as supostas galáxias mais novas revelam ser maduras exactamente como as galáxias supostamente mais próximas de nós no espaço e no tempo.

    Ou seja, a teoria do Big Bang causou erros de percepção que só os modernos telescópios estão a corrigir.

    Essa é a realidade...

    Os cientistas dizem expressamente que se isto continuar assim é toda a teoria do Big Bang que deve ser repensada...

    Exactamente o que os criacionistas dizem há décadas...

    Os resultados destas observações corroboram inteiramente o que se diz em Génesis 1 que mostra que Deus, através do seu poder sobrenatural, criou o Universo plenamente maduro e funcional.

    Não se deixem enganar pela pirotecnia argumentativa do Ludwig.

    A experiência mostra que muito do que o Ludwig diz está cheio de contradições lógicas e erros factuais...

    É isso que temos demonstrado...

    ResponderEliminar
  9. É isso que temos demonstrado...

    Agora há perspectivas plurais?

    Ou nobres?

    Querem ver que é o conde de Bobbone embuçado em Perspectiva?

    Perspectiva olhe bem

    Que hoje não fique ninguém

    Embuçado nesta sala

    isto tamém nã é uma sala mas...é mais uma parede virtual

    onde cada qual...dá a sua mijinha

    ResponderEliminar
  10. PERSPECTIVAS PLURAIS SOBRE AS GALÁXIAS QUE DEVERIAM SER JOVENS MAS AFINAL SÃO MADURAS:


    Os crentes na teoria do Big Bang datam o Universo de acordo com ela.

    As galáxias mais distantes deveriam ser as mais próximas do Big Bang e por isso as com maior aparência de juventude.

    No entanto, as observações científicas mais recentes mostram que as galáxias supostamente mais antigas são plenamente maduras.

    Estamos a falar de galáxias datadas de 11 mil milhões de anos de acordo com a teoria do Big Bang, mas com a mesma aparência de maturidade das galáxias alegadamente muito mais recentes...

    Isso enterra definitivamente o Big Bang e com ele a ideia (impossível de confirmar!) de que o Universo tem 13,5 mil milhões de anos...

    Mais um erro de percepção dos evolucionistas cósmicos, químicos e biológicos...

    Os cientistas avisam: "if further observations find many more, then this may mean that our understanding of the early universe needs to be revised"...

    ResponderEliminar
  11. há galáxias maduras e não há galáxias verdes?

    onde puseram as verdes?

    no continente não há

    ResponderEliminar
  12. Perspectiva,

    A Teoria do Big Bang até pode estar errada. E se aparecerem evidências disso, terá certamente de ser revisitada.

    Mas imagino que se queira substituir a teoria do Big Bang por uma teoria mais plausível ao invés de menos plausível, como a que tu avanças.

    Já haviam datações de coisas mais antigas do que os 6000 anos que o teu livro ciêntifico diz que o universo tem, antes de se congeminar a Teoria do Big Bang.

    E acho engraçado como aparecerem coisas mais novas do que inicialmente datado invalida completamente a teoria do Big Bang, mas aparecerem coisas mais antigas do que o começo do universo segundo a tua teoria é perfeitamente consistente com ela. Há algo aí que não está a bater certo e talvez seja altura de se reverem também outras teorias.

    ResponderEliminar
  13. ardoRic disse...

    Perspectiva,

    A Teoria do Big Bang ....a teoria terá certamente de ser revisitada

    revisitam-se teorias?

    eu quero revisitar as do Mageijo....vou adonde?

    ResponderEliminar
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  15. RESPOSTA AO ARDORIC:


    "A Teoria do Big Bang até pode estar errada. E se aparecerem evidências disso, terá certamente de ser revisitada."

    Estou a ver que admites que uma teoria pode ser revisitada...


    "Mas imagino que se queira substituir a teoria do Big Bang por uma teoria mais plausível ao invés de menos plausível, como a que tu avanças."

    Gostaria de saber que argumentos lógicos ou empíricos tornam a ideia de que Deus criou o Universo implausível...


    "Já haviam datações de coisas mais antigas do que os 6000 anos que o teu livro ciêntifico diz que o universo tem, antes de se congeminar a Teoria do Big Bang."

    Gostaria de ver essas datações mais de perto e discutí-las na especialidade...

    ...não basta avançar com considerações genéricas...

    "E acho engraçado como aparecerem coisas mais novas do que inicialmente datado invalida completamente a teoria do Big Bang"...

    Não é assim tão simples... a presença de galáxias maduras próximas do Big Bang é no mínimo tão estranha como aparecer um idoso num berço de uma maternidade...

    Esse facto, que podemos observar hoje, põe totalmente por terra a ideia de evolução cósmica...

    "...mas aparecerem coisas mais antigas do que o começo do universo segundo a tua teoria é perfeitamente consistente com ela."

    O problema é esse: não sabes se são mais antigas...

    Sabes apenas que são plenamente maduras e funcionais e extremamente distantes...

    Mas isso é inteiramente consistente com o que Génesis ensina:

    Deus, por ser omnisciente e omnipotente, criou um Universo imenso, plenamente maduro e funcional...

    Não existe qualquer contradição lógica ou empírica entre os factos observados e aquilo que a Bíblia diz...


    "Há algo aí que não está a bater certo e talvez seja altura de se reverem também outras teorias."

    Como vez, contrariamente ao que dizes, bate tudo certo. Tu é que não estavas a perceber...

    ResponderEliminar
  16. REVISITANDO C0NCEPÇÕES EVOLUCIONISTAS ERRADAS... "JUNK" DNA

    A teoria da evolução postulava que o DNA que não codificava proteínas era junk, contendo os vestígios genéticos da evolução.

    Durante décadas muitos evolucionistas usavam esse "junk" DNA como evidência da evolução...

    No entanto, os estudos mais recentes mostram que também essa "prova" da evolução estava errada...

    Afinal, hoje sabe-se que o suposto "junk" DNA é plenamente funcional e extremamente necessário à diferenciação dos seres humanos relativamente a todos os animais...

    Os criacionistas sempre diziam: se está lá, é porque esse DNA tem uma função...

    O evolucionismo atrasou os estudos genéticos porque se apoiava na visão errada de que esse DNA não tem função...

    ResponderEliminar
  17. Neste caso da laranja até nem vejo nada.

    Mas dum caso de aparente pareidolia não se pode concluir que não se trate de algo intencional. Visto do outro lado: como é que se pode saber que o facto de estas coisas parecerem aleatórias não é exatamente também um caso de "pareidolia"?

    Misturar aparências com intenções é falacioso. Uma coisa parece ou não outra coisa. E uma coisa tem ou não propósito ou intenção, independentemente do que parece ou não.

    Ou seja, isto é algo do género: não foi provada a culpa do arguido, mas isto não significa que é de facto inocente.

    ResponderEliminar
  18. Visto do outro lado: eu cá num consigo ver do outro lado


    como é que se pode saber que o facto de estas coisas parecerem aleatórias não é exatamente também um caso de "pareidolia"?

    compreendido na integralidade

    ResponderEliminar
  19. UM CASO SINGULAR DE PAREIDOLIA: O MONTE RUSHMORE

    Alguns ingénuos, provavelmente criacionistas, olham para o Monte Rushmore e vêem lá as caras dos presidentes americanos Washington, Jefferson, Lincoln e Roosevelt.

    Como são ingénuos...

    No entanto, esses ingénuos precisam saber que se trata apenas do resultado de milhões de anos de processos aleatórios de erosão, deposição, transporte e sedimentação...

    O facto de se ver o rosto desses presidentes é mera percepção...

    As pessoas vêem apenas o que querem ver...

    ResponderEliminar
  20. As pessoas vêem apenas o que querem ver...

    isso é verdade
    D.Quixote vê gigantes

    Sancho só vê moinhos

    é melhor Quixote ver gigantes?

    ou melhor é Sancho avistar velas?

    ResponderEliminar
  21. Boa pergunta Asmodeux. É de grande relevância para o tema da discussão. Nada como discutir essa questão com D. Quixote e Sancho.

    ResponderEliminar
  22. Meu caro Bovino... (tomei a liberdade de ofender como tu ofendes a todos aqueles que acreditam e sabem que milagres existem)

    Em vez de andares a tirar fotos a laranjas podres e associar algo de milagroso...

    Procura alguns milagres a sério.

    http://www.youtube.com/watch?v=SLifJy8dEPI

    http://www.youtube.com/user/josenoelcruz#p/u/6/AZNLHi6jsaM

    Procura uns quantos videos: santo sudário, e Nossa_Senhora_de_Guadalupe

    Passe (para o lado do) bem,
    João

    ResponderEliminar
  23. Meu caro cabrão... (tomo a liberdade ofender-te através do nome de um ovídeo, para mostrar-te que não se deve ofender-me recorrendo ao direito de liberdade de expressão no seu próprio blog)

    Em vez de fotografares fruta podre para um artigo sobre um fenómeno psicológico bem conhecido, cujo nome está no título, deveria apresentar vídeos de uma múmia cujos estigmas desapareceram debaixo das suas luvas negras, para além de outros milagres genuínos, como este:

    http://www.youtube.com/watch?v=kMNRz_DDMsA

    Afasta-te dos syth e junta-te aos jedies.
    Que a Força esteja contigo.

    Um troll.

    ResponderEliminar
  24. APRESENTO UMA ANALOGIA MUITÍSSIMO BOA QUE SERVE DE CONTRA-EXEMPLO!!!

    A minha cabeça é complexa, especialmente na quantidade de pêlos, mas no entanto existe outra pessoa com uma cabeça igual à minha... no espelho. A probabilidade de haver duas pessoas com cabeças iguais por mero acaso é igual a um a dividir por 10 vezes o número de átomos que existem no Universo! Logo, é impossível haver duas cabeças iguais.

    Fiz uma escultura apoiando-me na pessoa do espelho e com isso criei uma cabeça igual à minha. Só faltava falar.
    Como uma cabeça de barro só pode ter sido criada por um ser inteligente com dedos, isso significa que a pessoa do espelho foi também criada por um ser inteligente com dedos. Mas não é tão inteligente, porque criou olhos estrábicos.

    O meu irmão gémeo emprestou-me um livro que me abriu os olhos, chamado "Bíblia - Livro Sagrado dos Gideões". Concluí que a pessoa do espelho foi criado por um senhor chamado Deus e encontrei a resposta para a questão do asmodeux: são gigantes. ( http://www.answersingenesis.org/articles/2010/08/03/were-giant-skeletons-found-in-the-desert )

    Gostaria de concluir com uma citação sobre um óptimo método da busca da Verdade:

    «The scientific aspects of creation are important, but are secondary in importance to the proclamation of the gospel of Jesus Christ as Sovereign, Redeemer, and Judge»
    «where physical evidences from the creation may be used to confirm the Bible, these evidences must never be used to correct or interpret the Bible. The written Word must take priority in the event of any apparent conflict»

    Obrigado pela atenção.

    ResponderEliminar
  25. PROVAS DE QUE O EVOLUCIONISMO É FALSO: O JUNK DNA TEM FUNÇÃO!!!

    http://www.news-medical.net/health/Functions-of-Junk-DNA.aspx

    «Many noncoding DNA sequences have very important biological functions. Comparative genomics reveals that some regions of noncoding DNA are highly conserved, sometimes on time-scales representing hundreds of millions of years, implying that these noncoding regions are under strong evolutionary pressure and positive selection.»

    «Pseudogene sequences appear to accumulate mutations more rapidly than coding sequences due to a loss of selective pressure.»

    ResponderEliminar
  26. Mais montanhas do Perspectiva que afinal são ratos.

    O calor da tal lua de Saturno é gerado por interacções gravíticas com outra lua, e apenas uma pequena parte provém de radioactividade natural. Está lá na notícia da NASA. E até propõem uma hipótese de como essas interacções possam gerar períodos de aquecimento mais intenso, que explica o observado. De forma alguma coloca em causa a antiguidade da lua.

    Quanto ao agrupamento (cluster) de galáxias que parece ser "maduro", os cientistas não dizem que era completamente inesperado. Pelo contrário. Dizem q segundo os modelos actuais, tais agrupamentos deviam ser RAROS, e só se muitos mais forem encontrados colocará em causa o nosso entendimento sobre o universo jovem. É isto que "enterra o Big Bang"???? Por favor...

    Sinceramente, quem se enterra cada vez mais é o Sr. Perspectiva... parece que nem lê os artigos para os quais linka!

    ResponderEliminar

Se quiser filtrar algum ou alguns comentadores consulte este post.