domingo, maio 18, 2014

Treta da semana (passada): Diz que é uma espécie de activista.

Na semana passada fui expulso de um grupo no Facebook, o Rastos Químicos Portugal (1). Nunca descobri como lá fui calhar, durante muito tempo não comentei nada e já desconfiava que a primeira vez que opinasse fosse também a última. Mas como surgiu um comentário mais razoável (2), pedindo opiniões acerca dos artigos da COMCEPT sobre os “chemtrails”, não resisti. Quanto à expulsão em si não tenho nada a dizer. Os administradores do grupo têm o direito de bloquear o acesso a quem quiserem, por que razão seja. Mas achei interessante a implementação disto no Facebook. O grupo é “aberto”, o que quer dizer que qualquer pessoa com conta no Facebook pode participar, excepto quem é expulso. Isto permite divulgar publicamente textos e ideias ao mesmo tempo que se veda o acesso aos opositores*.

Segundo o Tiago Lopes (3), o moderador que me expulsou, eu estava a mais naquele grupo porque «esta página não é para falar de cristais de gelo» e «não ficas aqui a gozar com ninguém»(2). Esta última parte refere-se provavelmente à ironia com que comentei a alegação de um dos membros, segundo o qual o aquecimento global é uma conspiração. É mesmo irónico. Nem a discussão sobre o aquecimento global nem a causa apontada para esse aquecimento exigem qualquer conluio. Qualquer um pode opinar e basta que cada pessoa e nação continue a queima irresponsável de combustíveis fósseis para que o planeta aqueça. Não é preciso conspiração nenhuma. A tese dos activistas anti-chemtrails, pelo contrário, exige uma conspiração de âmbito, segredo e organização muito para além do que parece humanamente possível. Segundo o Tiago Lopes, «Centenas de aviões passaram por cima de Portugal a poluir a atmosfera com rastos que contêm alumínio, sulfato de bário e dezenas de outros químicos, a quantidade e a natureza dos químicos permite observa-los a partir de imagens de satélite por 3 horas e por vezes mais, isto seria impossível se os rastos fossem como o estabelecimento científico declara de cristais de gelo. Essa mentira faz parte da mentira totalitária com que mantêm a população estupidificada enquanto a adoecem para terem lucro com a sua miséria» (4).

Mas o mais interessante, e revelador, foi a reacção à possibilidade dos rastos serem cristais de gelo. Segundo o Tiago Lopes, «Se um avião lançasse partículas de gelo elas caiam muito rápido (o ar é mais rarefeito a essa altitude) e passavam rapidamente a liquido e depois evaporavam, nunca acontecia o que podemos observar, o céu a ficar todo branco.» Isto sugere que o auto proclamado activista dos fenómenos atmosféricos nem sequer sabe o que são as nuvens. É muito estranho que alguém tão interessado e empenhado num tema seja, ao mesmo tempo, tão ignorante acerca daquilo que supostamente lhe interessa.

Ou talvez não seja assim tão estranho. O activismo pode exigir muita coragem para denunciar os podres de organizações poderosas. Pessoas como Manning e Snowden, para escolher apenas dois exemplos recentes (5), merecem admiração pelo muito que sacrificaram quando expuseram verdadeiras conspirações. Mas esse heroísmo não é para todos. É preciso ser a pessoa certa na situação certa e tomar as decisões certas, o que é raro. A alternativa, mais fácil e corriqueira, é combater conspirações fictícias. Finge-se a bravura do activista de verdade mas sem correr grandes riscos. A denúncia da conspiração dos “chemtrails”, por exemplo, apenas arrisca o ridículo. Nem sequer é preciso saber muito sobre o assunto. Para imitar o activista sem ter de o ser basta isolar a audiência de qualquer indício de que os moinhos não são gigantes malvados. Daí a importância de deixar bem claro que as nuvens até podem ser de algodão doce mas «Não podem ser nunca cristais de gelo, como defende a comunidade científica!»(6).

* A menos que criem uma conta descartável.

1- Rastos Químicos Portugal (requer conta no Facebook).
2- Chemtrails Portugal, Post de 4/5 às 23:03
3- Facebook, Tiago Lopes
4- Chemtrails Portugal, Post de 18/5 às 10 horas.
5- Mais aqui: List of whistleblowers
6- Tiago Lopes, Post a 11/5

15 comentários:

  1. É difícil entender a mentalidade que leva à crença nestas conspirações absurdas. Mas há uma pista em muitos dos comentários pró-chemtrails (por exemplo, no famoso post de Nuno Markl): dizem que os cépticos são gente que vê telenovelas e não está atenta ao mundo. Ora basta ler bem todos os artigos e comentários para perceber que os cépticos dos chemtrails estão muito mais bem informados sobre ciência e sobre o fenómeno do que os "teóricos da conspiração". No entanto, essa conspiração leva estes últimos a sentir-se mais informados e mais "espertos" que os restantes. É uma forma fácil de parecer inteligente e lúcido sem precisar de pensar muito. Basta acreditar e acusar os outros de ingenuidade. Seja como for, a forma como uma teoria destas ganha aceitação é um fenómeno, só por si, extraordinário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó FILHO UM MOTOR DE COMBUSTÃO ELEVA A TEMPERATURA A QUANTOS GRAUS?

      QUANTA DA ESTRUTURA DO MOTOR E ILHAS ADJACENTES SE VAPORIZA A ALTAS TEMPERATURAS ?

      QUAL É O DESGASTE PERCENTUAL

      A QUEROSENE QUANDO QUEIMADA PRODUZ VAPOR DE ÁGUA PARA OS CRISTAIS DE GELO?

      TAL COMO A POLUIÇÃO AO NÍVEL DO SOLO POR MOTORES DE COMBUSTÃO MAI FRIOS

      HÁ MUITO A DEZERE SOBRE A POLUIÇÃO DOS BARBAS RIJAS QUE VÃO PRA ARQUITECTOS DOS NOVOS MUNDOS MOÇAMBICANOS
      OU ESCREVE-SE NOVAS BUNDAS MOÇAMBICANAS?

      NEVES SÓ FICAM AS NEVES NESTE MAIO FRIO

      Eliminar
    2. Um dos componentes do escape dos motores a jacto é água (o outro é dióxido de carbono). Essa água de escapa sai do motor a jacto a alta temperatura, condensando-se quando entra em contacto com o ar extremamente frio. Acontece, por isso, apenas em determinadas condições atmosféricas. Os traços que vemos no céu não são mais que nuvens artificiais, que podem durar horas.

      Eliminar
  2. Continuamos a observar que, como não podia deixar de ser, os exemplos de evolução apresentados pelos evolucionistas são, na realidade, exemplos de corrupção e perda de informação.

    Eis mais um caso:

    "This sex determination system has evolved multiple times and a striking feature of its evolution is that Y chromosomes have LOST MANY GENES over time" (!!)

    "Now researchers have been able to study the early stages of DEGENERATION by investigating the process in plants" (!!)

    "In humans, the Y chromosome has undergone EXTENSIVE GENE LOSS over its roughly200-million-year evolutionary history, and now retains only about three per cent of its ancestral genes". (!!)


    "We tested for Y-chromosome DEGENERATION in Rumex hastatulus, an annual plant from the southern USA commonly known as heartwing sorrel. We found that genes on the Y chromosomes have already started to undergo GENETIC DEGENERATION, despite their relatively recent origin," (!!)

    Os evolucionistas bem falam em evolução de partículas para pessoas ao longo de milhões de anos.

    Mas o que realmente vemos são perdas de informação, degeneração e corrupção, tal como a Bíblia ensina.

    Nunca ficamos a perceber como é que um micróbio se pode transformar num microbiologista ao longo de milhões de anos através perdas sucessivas de informação genética!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este também só cita os cientistas quando lhe dá jeito... *sigh*

      Eliminar
    2. «tal como a Bíblia ensina». LOL

      Eliminar
    3. Mas então os cientistas não estão a interpretar tudo mal por assumirem que os seres vivos existem há milhões de anos, em vez de apenas 6 a 10 mil?

      Quando as conclusões não agradam é porque começaram de pressupostos errados. Quando as conclusões agradam, já não interessam os pressupostos.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  3. Sobre o "como" ter ido parar ao grupo, é simples: nos grupos abertos do Facebook, qualquer membro pode adicionar qualquer um dos seus amigos; o default é essa pessoa passar automaticamente a pertencer ao grupo.
    O que acontece muitas vezes (já me aconteceu) é que, se não estamos interessados, mas também não dizemos que não queremos (porque não reparámos na notificação), ficamos como membros. :-/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AI ESTES VAICUS DAS GAMMAS GAY'S SEMPRE A QUEREREM METTER OS MEMBROS

      NÃO QUEREMOS JÁ LHE ACONTECEU BOLAS PÁ ÉS UMA LEGION DE TROLLS IN UNO Ó JAU DO CAMONES OU DOS

      Visualitzacions de pàgina per països
      Gràfic dels països més populars entre els lectors del bloc
      Entrada Visualitzacions de pàgina

      Estats Units


      919

      Regne Unit


      72

      Indonèsia


      41

      Portugal


      37

      França


      34

      Alemanya


      30

      Emirats Àrabs Units


      24

      Bulgària


      23

      Espanya


      21

      Polònia


      16


      Visualitzacions de pàgina per navegadors
      Entrada Visualitzacions de pàgina

      Chrome


      400 (29%)

      Firefox


      360 (26%)

      Safari


      289 (21%)

      Internet Explorer


      287 (21%)

      Opera


      4 (<1%)

      UniversalFeedParser


      3 (<1%)

      chromeframe


      2 (<1%)

      Imatge que mostra els navegadors més populars
      Visualitzacions de pàgina per sistemes operatius
      Entrada Visualitzacions de pàgina

      Windows


      611 (45%)

      Macintosh


      526 (39%)

      iPhone


      96 (7%)

      iPad


      44 (3%)

      iPod


      37 (2%)

      Linux


      27 (2%)

      Other Unix


      1 (<1%)

      Eliminar
  4. Eles estão de facto a interpretar mal. Começam com as premissas erradas e depois dá tudo errado. Mas a verdade é que não se evolui perdendo informação.

    Se falamos de milhões de anos de perdas de informação só pioramos as coisas para a teoria da evolução.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um artigo interessante sobre como os engenheiros procuram aprender o segredo mecânico da força das formigas para aperfeiçoarem a robótica. A ciência serve para isso, para aprender com o Criador.

      Eliminar
  5. Um artigo interessante mostra que a especiação dentro do mesmo género é um processo rápido, não necessitando de milhões de anos, o que corrobora o modo como em poucos milhares de anos depois do dilúvio os diferentes géneros básicos se diversificaram, embora sem criar estruturas diferentes e mais complexas.

    ResponderEliminar
  6. A CIÊNCIA DO CÓDIGO GENÉTICO E O LOGOS QUE SE REVELA NA BÍBLIA

    A Bíblia ensina que a vida foi criada por um Deus inteligente, autorrevelado como Razão ou Palavra (Logos).

    Mas também ensina que por causa do pecado toda a criação ficou sujeita a decaimento, corrupção e morte.

    Os códigos genético e epigenético, com as suas linguagens, e com o ruído a que as mesmas estão sujeitas, corroboram inteiramente as afirmações bíblicas sobre criação e corrupção.

    No entanto, em nada eles corroboram as afirmações evolucionistas.

    Todos sabemos que o código genético é um verdadeiro código, capaz de armazenar e transmitir informação, sendo dotado de propriedades quase ótimas e de universalidade, já que aparece tanto em bactérias como em seres humanos.

    Ele regula, com precisão, a qualidade e a quantidade das proteínas que devem ser produzidas para cada ser vivo específico.

    A própria velocidade da produção de proteínas é cuidadosamente regulada. Ele pode codificar diferentes significados simultaneamente.

    A inteligência que que estrutura os códigos do DNA é confirmada quando vemos que as tentativas humanas de fazer DNA sintético, capaz de adscrever funções específicas a diferentes moléculas, necessariamente envolvem inteligência, racionalidade, linguagem e programação.

    As mutações genéticas tendem criar ruído e a destruir informação, dando origem a mutações maioritariamente deletérias.

    Essas mutações são cumulativas e degenerativas, traduzindo-se na transmissão hereditária de doenças.

    As falhas na leitura e execução do código causam doenças e, em muitos casos, morte. É claro que seria muito pior se o sistema não tivesse o seu mecanismo de correção automática dos erros no código.

    Em qualquer caso, nunca observamos um ser vivo a transformar-se noutro diferente e mais complexo, como a teoria da evolução imagina, mas apenas degeneração e corrupção como a Bíblia ensina.

    No mundo real, códigos e informação codificada são entidades imateriais, distintas da matéria e da energia usados para armazenar a informação, e têm uma origem inteligente. Eles consistem na atribuição de um significado (v.g. ideia, instrução) a um símbolo ou a uma sequência de símbolos.

    Essa atribuição é sempre uma decisão volitiva e inteligente.

    Por outro lado, não se conhece qualquer lei natural ou processo físico que crie códigos e informação codificada. Independentemente das especulações evolucionistas sobre a sua origem, a verdade é que os códigos existentes no genoma corroboram um Criador inteligente e único.

    ResponderEliminar
  7. Não tenho paciencia para estas conversas das "chemtrails" e "contrails" como já li...
    A ignorancia é muito atrevida.

    E parabens pelo blogue. Apesar de não concordar com quase nada com aquilo que escreve. Passo muitas vezes para o ler.

    ResponderEliminar

Se quiser filtrar algum ou alguns comentadores consulte este post.