terça-feira, abril 05, 2011

Menção honrosa.

Dois candidatos que ficaram excluídos da treta da semana passada merecem uma menção breve. Um é a notícia de que o Ronaldo levou para Madrid um saco de areia de Porto Santo. O que o Ronaldo fez é perfeitamente razoável. O presidente da autarquia enalteceu as virtudes da areia, e o Ronaldo lá levou um saco. Foi simpático, e mesmo que tenha acreditado que a areia o ajudaria a recuperar da sua lesão, o Ronaldo dá chutos na bola. Não tem obrigação de verificar o fundamento das alegações que lhe fazem.

Mas um jornalista (ao contrário do que um já me indicou, em comunicação privada) tem essa obrigação, e é uma bela treta afirmar-se da areia de Porto Santo, sem qualquer explicação, que as suas «propriedades são reconhecidas pelas suas capacidades medicinais.»(1) Não só pelo retorcido da frase mas, especialmente, pelas evidências de que carece uma alegação destas. Que capacidades medicinais? Que propriedades? Quem é que reconhece essas capacidades das propriedades? Será o autarca? A avó dele?

O outro eliminado, mas por pouco, foi a decisão da Transocean de recompensar os seus dirigentes com bónus e aumentos salariais pelo seu “ano mais seguro”(2). Estes foram alguns dos responsáveis pela explosão na plataforma Deepwater Horizon, que derramou cinco milhões de barris de petróleo no Golfo do México. É um de muitos efeitos perversos da noção legal de que uma empresa é uma pessoa. Quando há crimes destes – e os maiores crimes tendem a ser perpetrados por empresas – a empresa é castigada com o mesmo efeito das chicotadas com que Xerxes mandou castigar o mar. Mesmo que multem a empresa, os verdadeiros responsáveis dão-se a si mesmos pancadinhas nas costas e resmas de dinheiro. Tomem lá, que é para aprenderem...

1- Expresso (Lusa), Ronaldo leva para Madrid saco de areia de Porto Santo
2- BBC, Transocean gives bonuses after Gulf of Mexico BP spill

40 comentários:

  1. Notícia interessante sobre a capacidade que o cérebro tem de prever e codificar imagens


    O que eles dizem:


    "The findings build on a fairly new hypothesis developed by University College London neuroscientist Karl Friston called predictive coding (or free energy principle) which suggests the brain actively predicts what input it will receive, rather than just passively processing information as it arrives."

    ResponderEliminar
  2. da areia de Porto Santo, sem qualquer explicação....ok uma

    areias e lamas vulcânicas são utilizadas em tratamentos pelos japs
    há 2000 anos

    se forem derivadas de basaltos alem de alguma radioctividade de fundo
    próprio dos materiais vulcânicos

    terão ver composição das areias basálticas algures

    por os pés dentro dessas areias negras que absorvem mais radiação solar

    reumatismo artroses

    joelhos em más condições

    etc

    é o mesmo que o pessoal que vai às twermas

    pedras salgadas as mais radioactivas da península
    neste caso nem a água bebia mas há quem beba
    o radão escapa-se com facilidade logo é segura....

    há gostos para tudo...e alguns funcionam

    ResponderEliminar
  3. Ludwig,

    Quando há crimes destes – e os maiores crimes tendem a ser perpetrados por empresas


    Os maiores crimes no geral ou crimes desta natureza?

    Falando no geral, e olhando para a História, o maior criminoso tende a ser o Estado (especialmente, aqueles estados com inclinações socialistas - quer nacional socialista, quer internacional socialista).

    O único não-Estado que se intromete na lista dos campeões da matança é o islão, mas, tal como disse o filósofo Dr. Ravi Zecharias, o islão é em si uma ideologia política (1 , 2).

    ResponderEliminar
  4. O DILEMA DE LUDWIG:

    "Quando há crimes destes – e os maiores crimes tendem a ser perpetrados por empresas"

    O problema é que o Ludwig diz que a ética é unicamente uma criação subjectiva dos indivíduos e dos grupos (de indivíduos!)...

    O que significa que basta aos membros da empresa decidir subjectivamente que uma conduta não é crime para ela deixar de ser...

    Depois fica difícil para o Ludwig criticar as decisões éticas subjectivas dos outros com base apenas nas suas decisões éticas subjectivas...

    ResponderEliminar
  5. Jónatas,

    Mas o Ludwig e os militantes ateus usam o "método científico" e o "pensamento crítico" para os ajudarem a discernir entre o bem e o mal. Além disso há demasiada maldade neste mundo, portanto Deus não pode existir. Não pode, não pode, e não pode mesmo.

    ResponderEliminar
  6. Aqui está a solução para a crise! Exportar areia e calhaus gourmet.

    ResponderEliminar
  7. O islão agora é uma "ideologia política"!!

    Brilhante, vindo de quem vem!

    Já agora, ó Mats, porque é que o islão é uma ideologia e a tua religião é uma "religião"?

    ResponderEliminar
  8. Todas as religiões são ideologias políticas ó barbudo

    O milagre da Banca é um exemplo muito bom. Cientistas não encontraram qualquer fenómeno extraordinario relacionada com a Banca, como certificou Bagão Félix, o que revela que é impossível o Estado meter o bedelho, graças a Deus.

    Os Banqueiros disseram que ia acontecer um milagre numa determinada altura e o milagre foi testemunhado, um Banqueiro entrou no Céu e um camelo passou por um buraco de agulha.
    Nunca aconteceu nada como isso . Por exemplo, nunca houve uma massa de pessoas histérias que dizem terem testemunhado uma invasão do FMI e que até algumas foram violadas pelo dito cujo. Até as imagens foram registadas:
    http://www.youtu.come.fmi

    ResponderEliminar
  9. Todas as religiões são ideologias políticas ó barbudo

    Que grande novidade.

    Eu só quero é ler isso do teclado do Mats.

    ResponderEliminar
  10. Perspectiva;

    "Notícia interessante sobre a capacidade que o cérebro tem de prever e codificar imagens "

    Que o cérebro inventa não é novidade. Preenche as lacunas como acha que deve ser. Faz isso com histórias, imagens, teorias etc.

    Quanto às limitações da ciencia. Bem, existirão sempre enquanto tentarmos criar explicações consistentes, segundo Godel. Mas estão a milhas acima das afirmações furadas da Biblia.

    Tambem achas que a terra é plana?

    ResponderEliminar
  11. Mats:

    Não me digas que Maomé não era um profeta...

    ResponderEliminar
  12. Ludwig:

    Acho que os jornalistas não precisam de verificar tudo desde que digam as fontes de quem diz o quê.

    Se dizem que as areias curam, sem mais nada, então estão a assumir a responsabilidade da afirmação. Se dizem que o Ronaldo é que diz, então estão a contar um facto.

    ResponderEliminar
  13. Que fazia falta uma união de cepticos neste país fazia. Mas num povo que votou duas vezes no Socrates via ser dificil arranjar massa critica.

    ResponderEliminar
  14. ** menos off topic do que parece, e na sequência do comentário anterior **

    Ainda tenho imagens frescas de uma modalidade circense que me marcou a infância... Um cavalheiro muito concentrado e vestido de Zorro prende a Janette em bikini num disco de madeira. O disco é posto a rodar e o cavalheiro atira-lhe facas a dez metros com os olhos vendados. Que prodígio! Uma a uma, todas na tábua.

    Hoje leio as notícias e regresso à infância como o Proust molhando bolinhos no chá... Se o tempo alterou alguma coisa foi apenas um pormenor: quem roda é o parolo de olhos vendados (e a Janette desta vez fod*u-se).

    Faço questão de partilhar convosco esta experiência sensorial.

    ResponderEliminar
  15. PERGUNTA AO JOÃO:

    Onde é que a Bíblia diz que a Terra é plana?

    ResponderEliminar
  16. Jónatas,
    Como deves saber os militantes ateus não tem que fornecer evidências. Basta alegar e pronto. Está "provado".

    ResponderEliminar
  17. Barba Flácida,

    Sabes o que é uma "ideologia política"? Dá-me aí um exemplo para ver se sabes do que tentas criticar.

    ResponderEliminar
  18. Jonatas,

    É bom ver que continuas ao serviço de Satanás, Gloria A Seu Nome.

    Quanto mais falas mais longe de deus esta incréus irão, engrossando as legiões no Nosso Senhor Satanás!

    Eu pessoalmente já estou farto de me fingir ateu para aliciar pessoas inocentes para a nossa causa malévola por isso agora será às claras...

    Continua o teu trabalho neste blog, Perpectiva pois devido a ti já muitas destas almas estão garantidas por não acreditarem no deus tirano.


    Dominus Inferus Vobiscum

    ResponderEliminar
  19. Mats,

    Não penses que a Legião se esqueceu de ti... Tu tens um especial lugar entre nós. Falar de amor de deus e do cristo e ser um proponente de uma das ideologias politicas/económicas que mais sofrimento causa actualmente no mundo é uma maneira perfeita de virar individuos da luz do deus tirano...

    Bem hajas irmão, és um verdadeiro servo de Satanás... És também Legião!


    Dominus Inferus Vobiscum

    ResponderEliminar
  20. Pelos vistos o Wyrm mudou de medicação.

    ResponderEliminar
  21. O perspectiva precisa de ajuda!

    Isaías 40:22 : "E ele o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e o desenrola como tenda para nela habitar."

    Para os ateus que querem desmentir: a palavra para "círculo" corresponde a חוּג, que está associada ao compasso. Aliás, em Provérbios 8 está: «Quando ele preparava os céus, aí estava eu; quando traçava um círculo sobre a face do abismo, quando estabelecia o firmamento em cima, quando se firmavam as fontes do abismo, quando ele fixava ao mar o seu termo, para que as águas não traspassassem o seu mando», como em Jó 26: "Marcou um limite circular sobre a superfície das águas"

    Se a intenção fosse descrever algo como uma bola, usaria o termo דּוּר, como em 22:18 ("enrolará como uma bola"). Os povos que rodeavam Judá e Israel também acreditavam numa Terra plana, como poderão verificar através de gravuras da cosmologia egípcia, babilónica, etc. que podem ser encontradas na Web.

    E é claro que os ateus podem indagar como é que uma árvore pode estar plantada no meio da Terra, segundo o sonho de Daniel (cap. 4), e como se pode ver toda a Terra a partir de uma montanha (Mateus 4:8, Lucas 4:5).

    Perspectiva, sempre ao seu dispor!

    ResponderEliminar
  22. A teocracia é uma ideologia política.

    «Teocracia é o sistema de governo em que as ações políticas, jurídicas e policiais são submetidas às normas de alguma religião»

    ResponderEliminar
  23. Eu preciso de medicação por acreditar e fazer o trabalho do meu Senhor Satanás porquê?

    Satanás é tão real como o teu deus e as suas oferendas bem mais atractivas. Ou estás a sugerir que Satanás não existe?

    ResponderEliminar
  24. sata existe pelo menos nos açores

    nás metade de um ananás

    ResponderEliminar
  25. e a areia vulcânica ajuda os joelhos

    se vem de satanás isso já nã sei

    ResponderEliminar
  26. one hundred trillion dollars,

    escrito de uma maneira que percebas:

    foste, quid pro quo habeas corpus, tocado

    tocado tocado ailailailairai, aiai random english here

    tocado por um anjo, nã foi?

    ResponderEliminar
  27. O troll deu uma aula de Isaias agora :-)

    CLAP, CLAP, CLAP

    ResponderEliminar
  28. Como neurocirurgião ou psicólogo sabe, a medicação pode modificar o livre-arbítrio.
    Os químicos são tramados.

    ResponderEliminar
  29. Jonatas Machado:

    Existem passagens que só fazem sentido se se referirem a um planeta plano.

    Daniel 4: 10 - 11 "Uma arvore tão alta no centro da Terra, que chegava até ao céu, e que era visivel dos mais longinquos cantos da Terra."

    Mateus 4:8 "O demónio levou-o para uma montanha tão alta de onde lhe mostrou todos os reinos do mundo."

    Revelação 1:7 "Ele virá das nuvens, e todos poderão vê-lo"

    Não é dificil perceber que estas afirmações só fazem sentido se a Terra NÂO for redonda! Não é metaforico é consequencia de afirmações que lá são feitas. E se as afirmações são metaforas, então porque haviam de pressupor uma terra redonda?

    Mas que lá está, está. Até uma criança consegue perceber que se a Terra for redonda não é a altura de uma arvore que a torna visivel a todos os cantos da terra.

    Pwned

    ResponderEliminar
  30. Mats:

    "Jónatas,
    Como deves saber os militantes ateus não tem que fornecer evidências. Basta alegar e pronto. Está "provado".

    Treta tua. Para quem poe tanta palavra na boca de um deus que nem sequer existe estas a ficar com muita lata.

    ResponderEliminar
  31. Jonatas e Mats:

    Já agora expliquem-me porque é que deus, o vosso querido deus, fala em escravatura com tanta naturalidade nos mandamentos que deus a Moises?


    "(...) Mas o sétimo dia é um sabado para o senhor vosso deus; Não deverás fazer nada de trabalho, tu, o teu filho, filha, ESCRAVO OU ESCRAVA, o teu gado ou o alien residente na tua cidade (...)" - Já para não falar que isto nos hospitais modernos era lindo! "

    "(...) Não deves cobiçar a mulher do teu visinhho, o seu escravo ou escrava (...)" - a cobiça não. Mas ter escravos é OK.

    Desenbuchem lá como se safam desta.

    ResponderEliminar
  32. troll:
    o "círculo" é a forma aparente da Terra vista do espaço, por isso a Bíblia não diz que a Terra é plana.

    Joao:
    explica como é que nesses versículos é dito que ter escravos é OK?

    ResponderEliminar
  33. Eles safam-se facilmente.

    Se uma regra ou norma de comportamento é socialmente inaceitável, o sentido é figurado. Se a sua prática for aceitável socialmente ou apenas legal então pode ser literal.

    É por isso que alguns não queimam um cabrito em holocausto todos os sábados mas recusam-se a comer mariscos.

    ResponderEliminar
  34. "explica como é que nesses versículos é dito que ter escravos é OK?"

    Por exemplo, um dos mandamentos referidos pelo João é o "não cobiçarás a mulher do próximo" pelo que este é um acto que deus não gosta. Assim não se encontra em parte alguma da biblia um texto que mostre qual a forma kosher de se cobiçar a mulher do proximo.

    No textos citados pelo João são descritas as formas como os mandamentos são cumpridos incluindo o papel dos escravos. Isto por si só que se deus dizia o que podia ou não fazer com os escravos no contexto de mandamentos que visavam regular a vida da tribo então há uma aceitação dessa prática.

    E é natural que o povo escolhido possa ter escravos de entre os humanos de segunda.

    Se isso não basta temos ainda:

    However, you may purchase male or female slaves from among the foreigners who live among you. You may also purchase the children of such resident foreigners, including those who have been born in your land. You may treat them as your property, passing them on to your children as a permanent inheritance. You may treat your slaves like this, but the people of Israel, your relatives, must never be treated this way. (Leviticus 25:44-46 NLT)

    ResponderEliminar
  35. Wyrm:

    "Se uma regra ou norma de comportamento é socialmente inaceitável, o sentido é figurado. Se a sua prática for aceitável socialmente ou apenas legal então pode ser literal."

    Isso mostra parcialidade e logo é inutil saber o que é verdade e não é a partir da Biblia. Por outro lado, mesmo figurado, a proposito de quê? Se é para as pessoas da época compreenderem não chega. Devia ter dito logo que a terra era redonda e que a escravatura é treta.

    ResponderEliminar
  36. CV:

    O Wyrm respondeu por mim. E bem.

    ResponderEliminar
  37. "Cristão Verdadeiro", tem evidências para a sua desculpa?

    ResponderEliminar
  38. O Jonatas Machado ficou sem resposta! Nem um pio?

    ResponderEliminar
  39. O Jónatas está a seguir os meus conselhos de argumentação.

    Ele é muito bom em dizer uma parte da verdade, inventando a outra, como dos tecidos moles encontrados, que na verdade estão mineralizados. É muito importante seleccionar bem os dados (a técnica de "confirmation bias"). Fósseis juntos com provas de terem sido arrastados por água, como nas enchentes, tsunamis e dilúvios locais, é uma prova de um dilúvio universal. Curiosamente, a maioria dos fósseis são anomalias dessa tese, por isso é melhor ignorá-lo.

    Também é muito importante ignorar as respostas de posts antigos, para melhor efeito de publicidade. Ò Luís, fico bem assim, ou fico melhor assim? O Sócrates e o Jónatas fizeram a mesma escola. É importante um criacionista conhecer as técnicas de advogado manhoso, que demonstra o amor que tem pela ciência.

    Alguém sabe por que é que os criacionistas não gostam de rabetas?

    ResponderEliminar

Se quiser filtrar algum ou alguns comentadores consulte este post.