quinta-feira, julho 12, 2012

Adenda ao post da coagulação.

O Orlando alongou-se aqui sobre a grande complexidade do sistema de coagulação dos mamíferos, concluindo que é de «extrema complexidade irredutível», sendo a sua evolução um «milagre de Darwin». Faltou-lhe, no entanto, considerar toda a evidência em favor da evolução, como a existência de outros sistemas de coagulação de complexidade mais reduzida, a homologia destas proteínas entre si e com outras de função diferente, a filogenia das proteínas envolvidas e a correlação das diferenças entre estes sistemas e a distância filogenética dos organismos.

Também me criticou por ter escrito que a fibrina se agrega aos molhos. «É de uma desonestidade intelectual, ou ignorância, dizer que a fibrina “se agrega aos molhos” como se de uma forma aleatória se tratasse!» Podem ver aqui algumas fotografias de agregados de fibrina, por microescopia electrónica, para decidir se é assim tão desonesto dizer que estão “aos molhos” e se a ignorância é minha. Finalmente, quanto à «simplicidade milagreira darwinista» de que o Orlando me acusa, posso alegar em minha defesa que tenho alguma familiaridade com o fibrinogénio e com a complexidade dos processos fisiológicos em que participa, mas que não é essa complexidade em si que nos permite distinguir se surgiu por milagre ou se evoluiu. Daí que tenha optado por dedicar mais do post àquilo que suporta a teoria da evolução. No entanto, tenho curiosidade em saber que explicação o Orlando propõe para a origem do sistema de coagulação dos mamíferos. Espero que tenha mais detalhes do que “No início, Deus criou o sistema de coagulação dos mamíferos, e viu que isso era bom”.

14 comentários:

  1. Dizer que quem acredita num Deus criador é milagreiro é tão idiota como dizer que quem acredita que um Ferrari F-40 foi resultado de design inteligente também é milagreiro...

    Milagreiros são os evolucionistas que acham que o Universo e a vida surgiram do nada por acaso, sem que haja qualquer evidência disso, fazendo de conta que a vida não depende de informação codificada estremamente complexa, densa e miniaturizada.

    Eis um artigo interessante sobre complexidade irredutível e coagulação, que corrobora inteiramente o design (super-)inteligente da vida.


    Já agora, um estudo recente interessante mostra que, para além do que sucede com o genoma, também a física quântica de partículas não pode ser entendida à margem da informação que codifica, armazena e executa, corroborando também por aí a ideia bíblica de que o Universo, a vida e o homem foram criados pela Palavra de Deus.

    ResponderEliminar
  2. Off topic interesante: como evolucionistas e criacionistas interpretam a mesma evidência de maneira diferente


    Um estudo recente dá mostras da recente descoberta, na África do Sul, de fóssil de um macaco.

    1) Os evolucionistas acham que se trata de um Australopithecus (macaco do sul) antepassado do ser humano.

    2) Os criacionistas acham que se trata apenas de um macaco do sul, como o próprio nome indica.

    Duas visões do mundo, duas maneiras diferentes de interpretar a mesma evidência.

    ResponderEliminar
  3. Um estudo recente mostra que as abelhas resolvem problemas complexos mais rapidamente do que os super-computadores o que corrobora inteiramente o seu design (super-)inteligente...

    ResponderEliminar
  4. Um estudo interessante afirma que os cientistas "ressuscitaram" um gene de uma bactéria alegadamente com 500 milhões de anos e a colocaram numa E.Coli.

    Ao que os criacionistas respondem:

    1) A experiência nada diz sobre a origem das bactérias e do suposto "gene antigo" (EF Tu), embora ela demonstre que toda a vida, incluindo a das bactérias, é extremamente complexa.


    2) A experiência revela que o gene antigo (EF Tu) é essencial à sobrevivência das bactérias, o que corrobora a sua complexidade irredutível: ou têm o gene e sobrevivem, ou não têm e não sobrevivem. No entanto, não se diz como é que ele apareceu.


    3) É interessante notar que ao fim dos supostos 500 milhões de anos, e apesar da elevada taxa de mutação e reprodução das bactérias, estas continuam a evoluir para... bactérias(!), como a Bíblia ensina.

    4) O simples facto de essa "ressurreição" do gene "antigo" e inserção no genoma da E. coli ser possível é um argumento poderoso acerca da idade recente desse gene e da inexistência de evolução, a não ser a "evolução" de bactérias para... bactérias!

    5) Apesar de as proteínas que interagiram com o "antigo" gene beneficiarem a sua robustez numa primeira fase, a verdade é que nesta experiência as bactérias continuam a "evoluir" para... bactérias, exactamente como a Bíblia ensina.

    6) Adaptação acontece e pode ser observada. Transformação de uma espécie noutra diferente e mais complexa, não!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o seu conceito de espécie deve ser diferente do meu (e do da ciencia) - é que existem várias especies de bacterias com complexidade variada e vc diz que não ocorre transformação noutras especies diferentes e mais complexas... estranho.

      Eliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Reparem nesta tirada do Ludwig

    "tenho alguma familiaridade com o fibrinogénio e com a complexidade dos processos fisiológicos em que participa, mas que não é essa complexidade em si que nos permite distinguir se surgiu por milagre ou se evoluiu"

    Pois, mas a verdade é que essa complexidade (que o Ludwig conhece), mesmo que não prove a Criação por um Deus omnisciente e omnipotente, tal como a Bíblia ensina, é inteiramente consistente com ela, corroborando-a, não podendo por isso ser usada contra ela.

    Como vimos dizendo, o problema não é a evidência científica, mas a visão do mundo com base na qual a interpretamos.

    ResponderEliminar
  7. O NATURALISMO MILAGREIRO

    Os naturalistas evolucionistas dizem que não acreditam em milagres, muito menos em milagres de um Deus eterno, racional infinito, omnisciente e omnipotente, tal como a Bíblia os apresenta.


    Eles querem "salvar" a ciência de um Deus assim concebido, sem perceberem que se a ciência funciona é exactamente porque o Universo tem uma estrutura racional e matemática que só a criação por um Deus racional, omnisciente e omnipotente pode justificar.


    Apesar de não acreditarem nos milagre de Deus, eles têm que acreditar no "grande milagre naturalista": o Universo, com os seus triliões de galáxias, estrelas, quasares, blasares, pulsares, sistemas solares, planetas, genomas, quantidades inabarcáveis de informação genética e epigenética, células, seres vivos perfeitos e funcionais, ecossistemas, etc., surgiu do nada, por acaso, sem qualquer causa!!!

    Para quem diz que não acredita em milagres, até que não está nada mau!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E qual é a causa para ter surgido o seu deus criador? Como surgiu e onde? Foi criado por sua vez por uma outra entidade mais poderosa e perfeita? Que espécie de deus ultra poderoso necessita de criar pessoas num planeta perdido na ponta de uma galáxia para que passem a vida inteira e depois de mortos o resto da eternidade em constante adoração e louvação à sua enorme pessoa? Que espécie de deus bondoso racional e de perdão infinito me vai condenar a uma eternidade de sofrimento pelo crime de ter negado a sua existência?

      Eliminar
  8. escreve-se microscopia escopia tal como escopetas sunt tretas

    microescopia copias copia....s

    ResponderEliminar
  9. Até rio a imaginar o Orlandito a ler o artigo linkado e a "percebê-lo" :)

    ResponderEliminar
  10. O perspectiva vai tão lançado que ainda se estampa...

    ResponderEliminar
  11. é um artigo banalíssimo ou bananal...as coagulases microbianas evoluiram pós fibrinogénio? foi?

    quanto à microsescopia apareces logo em 2º lugar pá...

    Será que quis dizer: microscopia





    Resultados da procura



    CSIC: INSTITUTO DE ACUICULTURA DE TORRE DE LA SAL ...





    www.iats.csic.es/histologia.html - Traduzir esta página


    Unidad de Histología y Microscopía ... Histología y Microescopia, f ... Sala de microscopía equipada con microscopios ópticos, lupas y procesadores de ...



    Que Treta!





    ktreta.blogspot.com/


    1 dia atrás – Podem ver aqui algumas fotografias de agregados de fibrina, por microescopia electrónica, para decidir se é assim tão desonesto dizer que ...

    Visitou esta página.



    Que Treta!: Adenda ao post da coagulação.





    ktreta.blogspot.com/2012/07/adenda-ao-post-da-coagulacao.html


    4 dias atrás – Podem ver aqui algumas fotografias de agregados de fibrina, por microescopia electrónica, para decidir se é assim tão desonesto dizer que ...



    Já alguem teve que tirar um quisto? | De Mãe para Mãe





    demaeparamae.pt › Fórum › Geral & Apresentação



    10 publicações - 7 autores - 1 Abr 2008
    Mas tenho uma colega que tirou um, foi por "microescopia" (2 ou 3 furinhos, nada de cortes grandes) e no dia seguinte veio para casa, ela não

    claro que nã...
    ache que nem o Orlando Luís percebia o teu arrazoado evolutivo...

    deve ser ele quem dá evolução se inda nã evoluiu para outro estado físico...

    resumindo peor a emenda que u su neto....bolas pá 40 anus y já cum nietos

    ResponderEliminar
  12. A desonestidade intelectual dos criacionistas é possivelmente o mais próximo de complexidade irredutível que já vi. Mais valia largarem os complexos e deixarem de se armar em irredutíveis em favor da verdade.

    ResponderEliminar

Se quiser filtrar algum ou alguns comentadores consulte este post.