segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Treta da semana (passada): Marketing de rede.

Há muita gente que tenta ganhar dinheiro com esquemas em pirâmide. Pela natureza destes esquemas, a grande maioria acaba por só perder. Em traços largos, num esquema destes paga-se para entrar e depois cobra-se parte da jóia àqueles que se convida, aos que esses convidam, e assim por vários níveis. Isto é ilegal porque o sistema não é sustentável. Apenas se ganha dinheiro enquanto a pirâmide crescer exponencialmente, o que nunca pode durar muito.

O marketing de rede, ou marketing multi-nível, está entre um esquema de pirâmide e as vendas directas. Num sistema de vendas directas o produtor recruta vendedores, que também podem ser consumidores, para ajudar a distribuir o seu produto. Cada vendedor ganha uma comissão pelas vendas mas lida directamente com o fornecedor. Economicamente, se o objectivo é vender o produto, não faz sentido aumentar a cadeia de intermediários entre o produtor e o consumidor final para além do que for estritamente necessário para distribuir o produto. Caso contrário, o preço final aumenta e o produto torna-se menos competitivo*.

O marketing de rede faz o contrário, incentivando cada “vendedor” a recrutar mais “vendedores” em vez de vender ao cliente final. As aspas são porque a tendência é para ninguém vender nada e ganhar dinheiro principalmente pelo recrutamento de novos elementos da pirâmide. A Network World Alliance (1) dá um exemplo de como isto funciona. Para entrar paga-se 9.90€ e tem de se fazer uma encomenda mínima de 35€. Parte disso vai para a pessoa que recruta, a outra que a recrutou e assim por diante. Depois ganha-se ou pela venda do colostro e do sumo de açaí, cujo volume de vendas desconheço mas suspeito que não seja nada de especial, ou então por caçar mais vítimas que paguem 44.90€ pelo privilégio de ficar com o dinheiro dos seguintes.

Os praticantes desta arte defendem que não é um esquema em pirâmide. Na verdade, do ponto de vista legal é difícil condenar a prática porque inclui vendas, mesmo que só em teoria. Na prática, nem por isso. Segundo o Rui Ludovino, auto-intitulado “guru” do marketing de rede (2), a inscrição para “vendedor” do sumo XANGO (3) no Brasil «custa 34€, tem que ser realizada com cartão de credito, e nao se compra sumo porque nao dá para enviar o sumo para o Brasil enquanto nao tiver aprovado pela Anvisa.»(4) O que não faz mal porque ninguém quer saber do sumo para nada. O que interessa é arranjar "vendedores", mesmo que não haja nada para vender.

O Rui Ludovino tem também um vídeo onde tenta explicar com humor porque é que o marketing de rede não é um esquema em pirâmide. Infelizmente, falha ambos os objectivos. O argumento é que as hierarquias das empresas também são em pirâmide, mas a grande diferença é que estas não precisam do crescimento exponencial de vendedores para manter o negócio (5).



Antes de concluir, queria pedir desculpa ao Rui Ludovino por o mencionar assim só de passagem. Os sites dele mereciam um ou dois posts, no mínimo. Infelizmente, ando com pouco tempo. Mas não resisto a recomendar o vídeo com os segredos dele. Não tanto pelo vídeo, porque o segredo é apenas que quer que lhe paguemos 47€ por mais vídeos, mas pelo aviso no fim da página: «É extremamente proibido a duplicação ou publicação não autorizada de quaisquer dos materiais deste site»(6). Espero que a proibição não se aplique à proibição também. É que fazer coisas proibidas, ainda vá, mas quando são extremamente proibidas tento evitar.

Concluo então com a recomendação da Federal Trade Commission, dos EUA: «Evite os planos de marketing multi-nível que pagam comissões pelo recrutamento de novos distribuidores. Na verdade são esquemas ilegais em pirâmide»(7).

* Uma lição elementar que a ACAPOR, entre outros, se recusa a aprender...

1- NWA International, Informação Geral
2- http://www.ruiludovino.com
3- XANGO, XANGO Juice
4- Rui Ludovino, XanGo – Para quem se quer inscrever no Brasil
5- Rui Ludovino, A Minha Noiva Pediu-me Uma Centena De Vezes Para Não Lhe Enviar Isto….
6- ignicaomarketing.comVideo super ultra secreto (pelo qual não precisam dar o email para spam porque eu já fiz isso e, uma vez tendo o link, não é preciso dar para esse peditório).
7- FTC, Lotions and Potions: The Bottom Line About Multilevel Marketing Plans

39 comentários:

  1. Herbalife, Bimby...

    Dantes explicava detalhadamente o problema destas modas. Mas a mitomania dos recrutas é tão grande que perdi a paciência. Para não falar de que quem paga uma pipa de massa por uma Bimby obviamente acha um espectáculo...

    ResponderEliminar
  2. Há muita gente que tenta ganhar dinheiro com esquemas em pirâmide

    Chamam-se Banqueiros. Pela natureza destes esquemas, a grande maioria

    uns 6.800 milhões acabam por perder os restantes ou ficam na mesma ou ganham uns trocos

    chama-se sociedade de consumo

    Dantes era só uma nota de 20 mél réis e riscava-se o nome em cima e enviava-se os 20 ao de cima e esperavam sair milionários

    é como as cartas de corrente agora são os email's de corrente

    Fernão de Magalhães recebeu uma carta não enviou as 20 cartas

    e acabou espetadinho

    Sebastião del Cano começou a enviá-las por garrafa e ....ganhou o El Gordo


    Por falar nisso ando a recrutar vendedores para a AVON

    ou para a Cabovisão

    vendedor de enciclopédia já era

    ResponderEliminar
  3. Francisco,

    Pelo que vejo no site, a Bimby parece ser por venda directa. Ou seja, todos os revendedores trabalham directamente para a empresa e não recrutam eles outros revendedores para recrutar revendedores, etc.

    A venda directa é mais usada com coisas caras, porque para esquemas de pirâmide não vale a pena usar produtos dispendiosos.

    ResponderEliminar
  4. A teoria da evolução também é um esquema em pirâmide que vai crescendo enquanto as pessoas acreditarem que, pelo facto de gaivotas darem gaivotas, lagartos darem lagartos e pelicanos darem pelicanos,etc., também as partículas dão pessoas e os sapos dão príncipes.

    ResponderEliminar
  5. "A venda directa é mais usada com coisas caras, porque para esquemas de pirâmide não vale a pena usar produtos dispendiosos. "

    Perde-se mais dinheiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É impressionante a quantidade de baboseiras que se escrevem por quem obviamente não percebe nada... Quando perceberem que pagam 120€ por uma levis que custam 2€ a fazer na china pode ser que entendam melhor que andam todos a ser papados!

      Mas vou resumir: a diferença no marketing multinivel é que os valores de custo fabricante/valor final venda sao muito claros! e dai que impressiona, pois as pessoas andam todas enganadas..

      Ainda há dias fui a uma fabrica de vestuario em Portugal, onde colocam etiquetas com o preço de promoção e preço final ja para as lojas!!! Acham que isso significa o que?!

      Acham-se todos muitos espertinhos e é muito facil mandar postas de pescada mas quando tiverem mesmo por dentro das coisas se calhar nunca mais compram é no mercado habitual das grandes superficies!! cambada de totos...

      Eliminar
    2. Aqui já perderam o pio...
      totos ignorantes e frustrados...
      metem tudo no mesmo saco.
      as promoções das grandes superfícies mostram o preço que deviam cobrar sempre...

      Eliminar
  6. Jonatas:

    És capaz de explicar porque é que as mutações que beneficiam as populações não se podem acumular?

    ResponderEliminar
  7. Ludwig,

    Mas na prática é isso que acaba por acontecer. Todos os vendedores da Bimby que eu conheço se gabam do dinheiro que fazem a receber comissões de vendas ao mesmo tempo que vendem as Bimby.

    Pelo que sei, há aulas de utilização da Bimby onde muitas pessoas são recrutadas.

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  9. Esqueci-me de dizer: os vendedores de Bimby começaram por ser apenas utilizadores.

    ResponderEliminar
  10. Francisco, a questão a colocar é se para se tornar vendedor é preciso pagar jóia e não tanto se recebem comissão pelas vendas dos recrutados. Aliás, é essa a forma de funcionamento de muitas empresas. O director/gestor/coordenador é recompensado pelo esforço e empenho do trabalhador. Infelizmente, o último nem por isso.

    ResponderEliminar
  11. Em relação à Herbalife, nem sei o que será pior - o esquema de vendas ou as falsas promessas relativamente aos produtos em si (que os revendedores são "encorajados" a experimentar). É uma coisa que cheira tanto a esturro que só lá mete o nariz quem tiver hiposmia.

    ResponderEliminar
  12. perda de olfacto ou olfacto alterado é mais para trabalhador de curtumes


    Herbalife tem aromas inebriantes e de resto as gajas cheiram tudo...

    por acaso alguns dos produtos herbalife eram usados em tisanas tradicionais da medicina dita popular

    e alguns resultam o Vaporil foi vendido em Portugal com receita médica durante anos e é só essência (óleos aromáticos de eucalyptus globolus ou outro...eucalyptol

    a essencia de Tolan era também agradável mas tiraram-no do lugar e o cheiro mudou

    as vendas em cadeias Tupperware eram tal como agora as AVON

    a renda suplementar de muita vendedora da linha do Estoril

    e o consumo do produto pelo vendedor encoraja vendas mais agressivas

    é ver o caso dos vendedores de coca....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas nada como a MAFIA das MAFIAS, conseguem imaginar vender uma coisa que nada custa pelo preço que quiserem? agora imaginem que essa coisa desde sempre foi muito vendida com diversos sabores, e flagrâncias em todo o mundo, e se eu lhe disser que há mais de 2000 anos que nos impingem esse mesmo produto? pois...
      Chama-se RELIGIÃO, os vendedores intermediários são os padres, o produto chama-se fé, e quando se toma, acreditamos que terá efeito... chama-se a vida depois da morte.. o maior esquema fraudulento da historia da humanidade, o pior é que, até hoje, ainda ninguém conseguiu desmascarar a IGREJA, a origem de todas as Mafias,

      Eliminar
  13. É uma boa ideia escreveres uns posts a explicar o LÉXICO DA CLEPTOCRACIA E DA CORRUPTOCRACIA. Não sei se sabes mas a coisa a modos que começou em África(!). Já ouviste falar do “Esquema 419” (a referência do esquema como “419” deve-se a ser esse o artigo do Código Penal da Nigéria que previa esse crime) – também conhecido como fraude de pagamento adiantado (advance fee fraud) ou fraude nigeriana. É um sistema que teve início no “Nigerian Connection” (em virtude do país de origem dos criminosos – Nigéria – que levaram a cabo a maior burla dessa espécie conhecida tendo como alvo um dos maiores bancos privados brasileiros: o Banco Nordeste do Brasil lesado em €.:170 milhões de euros transferidos para contas nas ilhas Caimão). É interessante referir que desde o início da década de noventa que muitas pessoas em Portugal receberam correspondência conhecida por “cartas da Nigéria”. Nos primeiros anos, cartas, alguns telex’s e fax’s; mais recentemente, sob a forma de e-mail. O aliciante do esquema é a representação irrealista de obtenção de dinheiro fácil através de uma proposta para transferir fundos monetários para o estrangeiro (por exemplo, a Nigéria ou Iraque) ou um pedido imprevisto de informações sobre a sua conta bancária para transferir fundos monetários para o estrangeiro. Hoje é um tipo de “burla” cometida, normalmente através da internet, em que sob pretexto de se conseguir um “bom negócio”, como seja a aquisição de um bem por um valor irrisório (o “carrão” de encher o olho é o caso mais usual em Portugal), o burlado envia em avanço uma soma montaria diminuta face ao valor real do suposto bem que virá a obter. O vigarista vai depois solicitando novos envios de dinheiro à vítima a fim de lhe enviar o bem (para pagar taxas, câmbios, despesas de envio, subornos, etc.) procurando extrair a quantia máxima que conseguir através de uma utilização do instinto de ganância da própria vítima. Assim, este, a fim de tentar não perder o dinheiro que já enviou e conseguir o seu “elevado lucro” (o bem a um custo muito inferior ao valor de mercado), vai-se convencendo da necessidade de enviar outras quantias em dinheiro para o burlão. O esquema em Pirâmide (também conhecido como vendas “em cadeia” ou de “bola de neve”) foi só uma sofisticação da coisa ocidentalizando-a. O seu objectivo é ganhar dinheiro recrutando pessoas, em vez de vender um produto legítimo ou de fornecer um serviço (o consumidor dá a sua própria contribuição em troca da possibilidade de receber uma contrapartida que decorra essencialmente da entrada de outros consumidores no sistema).
    Mas a minha experiencia diz que a maior parte dos participantes (otários!) nunca recebe dinheiro perdendo todo o dinheiro que pagou para participar (ou “investiu”). Um exemplo comum é a recepção de propostas que oferecem uma compensação financeira para recrutar pessoas. Os promotores do topo da pirâmide aproveitam-se do facto de terem pessoas que aderem ao seu esquema de “ganhar dinheiro” e vão recebendo os pagamentos efectuados por quem se junta a eles.

    ResponderEliminar
  14. Num esquema em pirâmide típico, um membro paga para aderir e a única forma de vir alguma vez a reaver algum dinheiro é, convencendo ou ludibriando, outras pessoas a aderirem e a “investirem” também o seu dinheiro. Actualmente é frequente surgirem nos tribunais esquemas para ganhar dinheiro a partir de amigos, familiares ou vizinhos (bela maneira de lixar os amigos, não?). Mas… actualmente o esquema da Bolha está ainda mais vulgarizado. Este “sistema” fraudulento no essencial é idêntico ao esquema em pirâmide mas aqui o burlão vai cooptando diversas pessoas para participarem nesse “jogo” sem necessitar de as ludibriar, antes as informando das “regras” do jogo e do seu objectivo: o lucro fácil. Neste caso os intervenientes nesse jogo são informados do quantum do lucro elas sabem poder ganhar mas têm conhecimento de que, para isso, têm de “investir” uma determinada quantidade de dinheiro e, depois, necessitam convencer o número de pessoas previamente estabelecido para participarem no “jogo da bolha” as quais irão ocupar o seu lugar e, assim, esse participante irá recebendo a sua percentagem de lucros. Sabias, Ludi, que neste preciso momento em que escrevo isto num hotel perto da minha casa um grupo de cretinos (digo, crentes) está a ser doutrinado sobre um esquema deste tipo? Que diabo pá em 2011! Como é possível?
    Por fim não resista a recordar o clássico das burlas o “conto do Vigário”. Estas burlas funcionam com recurso a diversos tipos de enganos em que se visa ludibriar a vítima entregando-lhe, ou prometendo entregar-lhe algo, a troco de uma outra coisa [do lesado] de valor idêntico ou superior. Um dos esquemas típicos é o confiar à vítima um envelope que aparentemente contém notas (por exemplo colocando uma nota em cima e um monte de papel cortado com o mesmo tamanho por baixo simulando um monte de papel-moeda, atado por uma cinta ou um elástico) e informando se encontrou esse envelope estava caído no chão e importa descobrir o seu dono, pedindo-se uma quantia monetária à vítima para o guardar a fim de se assegurar que não irá fugir com esse dinheiro e afirmando, o burlão, que irá procurar a pessoa que o perdeu ou uma autoridade. Outro esquema habitual é o pedir a pessoas idosas em locais isolados para trocarem as notas “velhas” por novas (ex.º escudos por euros).
    PS: O pior de todos: o grande inimigo da nossa economia que dava para muitos posts é a “fraude em Carrossel” (importação de bens para a UE, ou entre países da UE, e a reclamação ilegitimamente do IVA sobre esses produtos, antes de os reexportar). Lembra muito o nosso mundo empresarial não é?…

    ResponderEliminar
  15. Hugo Monteiro,

    É verdade que dos esquemas de Marketing multi-nível é capaz de ser dos menos agressivos e mais opaco, mas os moldes em que é feito deixa muitas reservas. A tónica de lavagem cerebral está presente. Utilizadores acólitos feitos vendedores que de um dia para o outro começaram a ganhar imenso dinheiro... É muito estranho.

    Mas vou falar com um dos vendedores que conheço para saber os detalhes do recrutamento dele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Francisco, não se pode meter tudo no mesmo saco.
      Há "lavagens cerebrais" que são bem precisas dado haver cérebros tão cheios de "lixo"...
      Sim desconfiem sempre dos que prometem lucros fáceis e rápidos. ISSO NÃOÉ MULTINIVEL.. É crime.
      Isso informe-se bem em vez de emitir opiniões baseadas em perceções iniciais...
      Inteligente.

      Eliminar
  16. Reclamação do IVA, Bancos com produtos para garantir redução de perdas

    como o Loydds e a CGD e faltou os esquemas em cadeia dos delegados de
    propaganda médica

    um médico é contactado para promover um medicamento por cada colega que conseguir num congresso algures nas Caraíbas receberá uma percentagenzita chefes de serviço que recomendam a internos

    há tantos esquemas com rendimentos decrescentes à medida que aumenta a massa dos aderentes

    e ninguém se lembrou dos selos da AFINSA nem no Mad OFF

    ou no Pedro Caldeira que foi o sucessor da Dona Branca

    ResponderEliminar
  17. Carlos,

    O jogo da bolha já foi treta da semana. E sim, conheço o 419. O 419eater é um site porreiro de coisas a gozar com esses nigerianos.

    Quanto às outras burlas, tu certamente tens contacto com várias, mas se quiseres um relato histórico interessante com muitos exemplos engraçados, recomendo o The Big Con, do David Maurer. Basicamente, a melhor burla é sempre aquela que deixa a vítima sem vontade de se queixar, seja por medo, má consciência ou vergonha.

    ResponderEliminar
  18. Francisco,

    «É verdade que dos esquemas de Marketing multi-nível é capaz de ser dos menos agressivos e mais opaco, mas os moldes em que é feito deixa muitas reservas.»

    O marketing multi-nível é bastante agressivo, acho eu. Mas julgo que estás a confundir a venda directa com o MMN.

    Na venda directa cada vendedor não tem a ganhar por recrutar mais vendedores. Só tem a ganhar por vender. Por isso cada vendedor tenta vender, e é o fornecedor que tenta angariar mais vendedores. Cada vendedor lida directamente com o fornecedor.

    No MMN é preciso pagar para entrar no esquema, e esse pagamento vai para o recrutador e outros acima. Aqui muito poucos (felizardos) trabalham directamente com o "fornecedor", que pouca coisa fornece, e a maior parte do dinheiro (99.9%, normalmente...) é obtida recrutando novos membros.

    Eu penso que a Bimby é vendida por vendas directas e não por MMN.

    ResponderEliminar
  19. Ludwig,

    A Herbalife também é uma empresa de venda directa, que recorre ao MMN. O facto de a Vorwerk (que vende a Bimby) ser uma empresa de venda directa não impede que recorrer ao MMN. No fundo o MMN é um tipo de venda directa que se baseia num esquema em pirâmide.

    Há tempos falei com um vendedor de Bimbys e nessa tarde, à procura na Internet, descobri o conceito de MMN. Por isso não lhe perguntei detalhes sobre como foi recrutado e se recebia ou não comissões de vendas de outros recrutas.

    Na Wikipedia o preço de adesão não é mencionado como obrigatório num esquema de MMN. Mas dão um dado curioso: «The Direct Selling Association membership had a 25 percent of MLM members in 1990, growing to a 77.3 percent in 1999.»

    ResponderEliminar
  20. Obrigado pela dica do site que não conhecia mas a melhor burla é ... a praticada pela própria democracia: votamos para escolher os gajos que nos gamam! sendo certo que estes não passam de uns maus-mandados relativamente aos big boss's [chamemos-lhes Oyabun,Vor (ou Vory), Capo de tutti capi...] da economia. Burlas, esquemas ou embustes são os casos descritos por Jean Ziegler em livros como os Senhores do mundo ou os novos senhores do mundo...

    ResponderEliminar
  21. Francisco,

    Também acho que o MMN pode ser considerado um tipo de venda directa. Mas tem a característica de ser multi-nível. Ou seja, quando alguém compra o produto, não tem um intermediário (o vendedor) mas tantos intermediários quantos os níveis desse ramo.

    A diferença é que na venda directa quem recebe dinheiro recebe principalmente pela venda, o que, à parte de burlas, sugere que ambas as partes (comprador e vendedor) beneficiaram, no MMN o dinheiro vem do crescimento exponencial de pessoas que arriscam entrar no esquema à espera de fazer dinheiro, a grande maioria das quais fica agarrada.

    Como é que é com a Bimby? Se eu comprar uma quantos intermediários há entre mim e o fornecedor? Qual é o rendimento principal do vendedor: as vendas para fora do esquema ou o recrutamento de novos vendedores para dentro do esquema?

    ResponderEliminar
  22. Ludwig,

    Pois é isso que não sei ao certo, mas vou averiguar. O que me chamou a atenção foi toda a descrição apaixonada de como se pode ganhar muito dinheiro facilmente com a venda de um produto que é muito caro. O sensor de treta acusou qualquer coisa... Mas como disse ao Hugo Monteiro, só perguntando ao vendedor em questão como é que as coisas são por lá.

    ResponderEliminar
  23. A razão pela qual suspeito que a Bimby não é um esquema em pirâmide (da Herbalife nada sei...) é porque conheço algumas pessoas que compraram a Bimby mas, tanto quanto sei, não são vendedoras. Esse dado é mais consistente com um sistema de venda directa do que com um esquema em pirâmide.

    ResponderEliminar
  24. Caro Amigo,
    Estive a ler o post. Se por um lado cada um é livre de escrever o que entende, por outro é pena que as pessoas escrevam sobre o que não sabem. Deste modo passam informações para os leitores que não é correcta.
    1 - O marketing de rede não está entre o sistema piramidal, pois este é ilegal. É ilegal em especial porque não existe algum produto ou serviço que justifique a troca de dinheiro. O marketing de rede é legal e na prática é algo que fazemos todos os dias: falar a um amigo de um restaurante ou filme de que gostámos. É a divulgação, neste caso de um produto ou serviço, mas com vantagens, pois a empresa paga por esta divulgação.
    2 - No caso da NWA, o que diz é falso, pois os tais 35 euros de que fala não é parte para um e parte para a empresa. É o valor da encomenda mínima de produtos. O que acontece neste empresa, bem como em todas as outras existentes de marketing de rede, a empresa paga uma comissão pelo volume de vendas de um grupo, tal e qual acontece em qualquer empresa tradicional que tenham vendedores comissionistas.

    ResponderEliminar
  25. Caro NWA,

    A minha frase não foi que o marketing de rede está entre os esquemas piramidais. Foi «entre um esquema de pirâmide e as vendas directas». E é por isso que, em muitos casos, não é ilegal. No entanto, é de notar os precedentes legais. Por exemplo, no caso da Amway, o sistema de marketing foi considerado legal porque incluía a exigência de cada vendedor vender pelo menos a dez clientes que não fossem também vendedores da empresa e tinha uma política de retoma do stock dos vendedores que queiram desistir. Pelo que vi, a NWA não implementa nenhuma destas medidas.

    E a razão pela qual está entre as vendas directas e o esquema piramidal é precisamente aquela que aponta: «O que acontece neste empresa, bem como em todas as outras existentes de marketing de rede, a empresa paga uma comissão pelo volume de vendas de um grupo, tal e qual acontece em qualquer empresa tradicional que tenham vendedores comissionistas.»

    Isto, aliado ao requisito da encomenda mínima para ser vendedor, cria a possibilidade de um vendedor ganhar dinheiro apenas fazendo crescer o seu grupo de vendedores sem ninguém vender vender para fora do grupo de vendedores. Esta é uma característica dos esquemas em pirâmide. Se o vendedor recebe comissão pelos 35€ da encomenda obrigatória do novo vendedor que recrutou, então a minha afirmação é verdadeira: parte desse dinheiro é para a empresa, e parte é para os vendedores na linha do recrutado. É a tal comissão de recrutamento de que avisa a FTC: «Steer clear of multilevel marketing plans that pay commissions for recruiting new distributors. They're actually illegal pyramid schemes.»

    E o mais apelativo nos prospectos da NWA é precisamente a possibilidade de ganhar muito dinheiro pelo crescimento do grupo. Note, por exemplo, que não há detalhes acerca dos produtos a vender, mas há várias tabelas com as percentagens ganhas pelas vendas dos grupos e linhas em função do volume de vendas da pirâmide que vai crescendo por baixo do vendedor.

    Não tenho competência para avaliar se o esquema da NWA é legal ou não, mas reconheço nele os sinais de alarme dos quais a FTC avisa.

    ResponderEliminar
  26. Meus Caros. Permitam-me que clarifique algumas dúvidas.

    A venda da Bimby é simplesmente feita por venda directa porque o principal objectivo da empresa é prestar um serviço de pós-venda de excelência e isso só se consegue se o agente que representa a empresa for recomendado a alguém nosso amigo ou familiar.

    Esse agente irá dar apoio ao cliente nas suas necessidades e esclarecimento de dúvidas.

    Se o cliente, por gostar da Bimby, recomendar algum amigo/familiar para que o mesmo também tenha uma Bimby e tire vantagens da sua utilização, este irá receber um brinde de cortesia que a empresa têm como forma de agradecimento pela boa publicidade "boca-a-boca" dos seus clientes. Estes brindes de cortesia não são mais do que livros de receitas para o cliente poder usufruir mais da sua Bimby. Livros estes que podem ser adquiridos mas que assim lhe são oferecidos.

    Qualquer pessoa pode ser agente da Bimby desde que entre em contacto directo com a empresa ou seja recomendado por um actual agente.

    Qualquer pessoa que queira ser agente Bimby, à semelhança de tantas outras empresas, uma vez que vai assinar um contrato de trabalho, irá ser submetido a um entrevista prévia e poderá ou não ser selecionado para continuar.

    Se for selecionado, irá ter a formação inicial necessária para ser agente e poder começar a demonstrar o funcionamento da Bimby aos seus amigos e familiares, e ter uma formação de acompanhamento nos 3 primeiros meses.

    O agente que o recrutou ganha um prémio pelo sucesso de quem recrutou e a partir daí não ganha nada mais. Por isso nunca se trata de um sistema multinível.

    A pessoa que é mais recompensada pelo seu trabalho, como é lógico, é o agente que ganha consoante o número de vendas que realiza por mês. Isso é o normal em qualquer empresa que trabalha por objectivos.

    É uma empresa que dá muito valor ao desempenho dos seus agentes, premiando os que têm maior sucesso pois quem consegue atingir certos objectivos, que são escolhidos por si, terá melhores prémios do que os restantes.

    Quem não quer estar na empresa simplesmente sai mas o que é certo é que quem por lá passa sai com tristeza porque o ambiente, reconhecimento e respeito são de elevada qualidade.

    ResponderEliminar
  27. Boa tarde a todos,
    alguém me sabe explicar se o negócio da Zeekrewards que é MMN ( http://www.youtube.com/watch?v=IR2ThjFaeP0&feature=related ) é legal em Portugal? Outra questão, se alguém já participou ou está neste negócio, será que me pode dizer se funciona mesmo? e como é em termos de declaração de IRS por causa dos lucros?
    Obrigada e votos de um bom resto de dia,
    Graça

    ResponderEliminar
  28. Belinha,

    Se é legal, em rigor, não posso dizer (não sou jurista :)

    Mas, geralmente, é considerado um negócio (ilegal) de pirâmide se o rendimento principal vem de angariar mais participantes. Por isso, qualquer negócio em que entre fazendo contas de convencer amigos e familiares a entrar também para ganhar é provavelmente ilegal.

    Se um negócio em pirâmide funciona depende de quando se entra. A regra (matemática) é que os primeiros ganham muito, os restantes 99% ficam a perder.

    Declaração de IRS suspeito que não haja. Normalmente estas coisas são mais disfarçadas :)

    Cumprimentos, e cuidado com os esquemas :)

    ResponderEliminar
  29. Ligue a vontade para celular e fixo em todo Brasil, EUA e Canadá. Aproveite nosso teste grátis de 1h,www.anunciosdatelexfree.blogspot.com

    ResponderEliminar
  30. É impressionante a quantidade de baboseiras que se escrevem por quem obviamente não percebe nada... Quando perceberem que pagam 120€ por uma levis que custam 2€ a fazer na china pode ser que entendam melhor que andam todos a ser papados!

    Mas vou resumir: a diferença no marketing multinivel é que os valores de custo fabricante/valor final venda sao muito claros! e dai que impressiona, pois as pessoas andam todas enganadas..

    Ainda há dias fui a uma fabrica de vestuario em Portugal, onde colocam etiquetas com o preço de promoção e preço final ja para as lojas!!! Acham que isso significa o que?!

    Acham-se todos muitos espertinhos e é muito facil mandar postas de pescada mas quando tiverem mesmo por dentro das coisas se calhar nunca mais compram é no mercado habitual das grandes superficies!! cambada de totos...

    ResponderEliminar
  31. Tive de entrar e responder a este Blog, e vou responder à mesma letra como o titulo.
    1º Informa-te sobre o marketing multinível (há cursos em UNIVERSIDADES em França a leccionar MLM) (será que sabe o que são as siglas MLM?)
    2º "pirâmide" é tudo que você conhece: Governo, Igreja, empresas "normais" e por aí a fora

    Mas como sou amigo, digo que nem toda a gente tem sucesso em MLM, porque pode não saber, é preciso realmente trabalhar, e outro conselho, há muitas empresas MLM, por isso há que saber escolher e perceber mesmo como funciona e o plano de compensação. Por razões de Ética (sim, existe ética em MLM, sabia?) não vou dizer aqui a empresa à qual estou ligado, mas investiguei bem e quis mesmo saber o que era esta empresa, e digo vos já, google não serve de pesquisa, procurem a Deco, advogados e realmente percebem que é totalmente legal meus amigos!

    Se é treta para ti, fantástico, mas não venha denegrir a nossa maneira de trabalhar!!

    ResponderEliminar
  32. UMA nova empresa de marketing multinivel irá se instalar em Portugal a partir de julho, é a Bbom empresa com mais de 16 anos no mercado de rastreadores no Brasil, com mais de 300mil associados, mais de 2mil lojas montadas no Brasil, vai te surpreender saiba mais informações no link http://bbom.grupotropa.com?id=4019

    ResponderEliminar
  33. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  34. Ótimo artigo. Ajuda muito as pessoas para que não sejam enganadas por estes Charlatões.

    ResponderEliminar

Se quiser filtrar algum ou alguns comentadores consulte este post.