sexta-feira, janeiro 04, 2008

Tantos anos para isto...

Um comentador anónimo repreendeu-me pelas críticas que teci ao Paulo Cardoso e à astrologia (1). No comentário lê-se: «eu estudo astrologia há muitos anos,....e posso garantir que é extraordinário!!». Seria de esperar que eu aceitasse a afirmação sem reservas. Afinal, é há muitos anos e ainda por cima com dois pontos de exclamação. Mas sou céptico até ao tutano e fiz o curso de Teimosia Avançada da Abobrinha (por correspondência). Nem com meia dúzia de pontos de exclamação me convencia.

Mas o defensor (defensora?) da astrologia recorre a uma táctica pouco usada neste meio. Suporta a sua posição com uma afirmação concreta e testável. «Podem verificar que existem mais nascimentos na lua cheia, a taxa de suicídio também aumenta nessa altura...e estou a falar apenas da lua, e de 2 exemplos comprováveis!». Infelizmente, há uma razão forte para os astrólogos evitarem esta táctica. É que invariavelmente lixam-se com isto. É treta. A Lua não faz nada disso, como já referi em Agosto (2).

Talvez este comentador anónimo estude astrologia «há muitos anos» como eu. Foi já há muitos anos a primeira vez que me ri destes disparates. Mas se foi com mais dedicação, a confiar nestas coisas da Lua e afins, parece-me que desperdiçou o seu tempo.

Mesmo assim, no espirito de abertura à critica, deixo aqui um pedido. Urano, Neptuno e Plutão foram descobertos nos últimos dois séculos, aproximadamente. Deve haver bons registos do trabalho dos astrólogos para determinar as influências destes planetas na nossa saúde, romance e vida profissional. Agradecia que partilhasse a sua sabedoria e explicasse o método que os astrólogos usaram e os resultados em que se baseiam para estimar os efeitos destes planetas. Já agora, podia também esclarecer porque é que os astrólogos consideram Plutão importante mas ignoram Eris, que é maior, e Ceres, que está muito mais próximo de nós. Ou Titã, a maior lua de Júpiter, que tem mais do dobro do diâmetro de Plutão e é maior que Mercúrio.

Finalmente, outra coisa curiosa... Compreendo que quem bebe urina ou anda com sabonete na micose prefira o anonimato (3). Mas se eu escrevesse aqui uma asneira acerca da física (já aconteceu), astronomia, biologia ou algo do género, o perito que me viesse pôr nos eixos não o faria anonimamente. Porque será que os peritos do criacionismo, astrologia, e ciências paratrêticas afins, têm tanta vergonha de dizer quem são?...

(só para que não haja dúvidas, a pergunta é retórica)

1- 11-12-07, Treta da Semana: Paulo Cardoso na Praça da Alegria.
2- 7-8-07, Treta da Semana: O Efeito da Lua.
3- 30-12-07, O post do ano de 2007.

21 comentários:

  1. Ludwig

    Fazes bem lembrar: ainda me deves dinheiro do curso de teimosia avançada (já no intermédio te fiz um bom desconto, não abuses!)!

    Agora sem gozo: há quem vá nessa do "estudei muitos anos". Por muito que a educação esteja fora de moda, estudar longamente o que os outros dizem sobre tretas parece que lhes dá credibilidade! Sobretudo quando dá certezas absolutas, camufladas por muito palavreado que quase parece científico.

    Isso e a exposição. Um professor meu repetia a velha máxima de "uma mentira quando repetida com convicção passa a ser uma verdade incontestável" (por essas e por outras, 9 é um número primo no meu blogue; por isso e pela imagens que acompanha a "demonstração"). Quando pelos vistos nos preparamos para ter um quinto canal de televisão... achas que vamos ter mais ou menos exposição a astrologia? Oh! Como é que adivinhaste?

    Por essas e por outras, possivelmente temos que retomar a ideia de regulamentar pseudo-ciências. Assim tipo os avisos de saúde nos maços de tabaco, informação nutricional e prazo de validade nas emissões de CO2 e consumo de combustível nos carros: avisa-se que a Astronomia não tem validade científica, não pode pretender ter!

    Obrigar o pessoal a exibir este aviso e mesmo a regular a linguagem usada: em vez de "prever", usar-se-ia "deitar-se a adivinhar, com base em saberes passados ao longo dos tempos mas não validados por métodos de Ciências exactas ou sociais da sua exactidão, podendo o exercício não passar de um desbobinar de porcarias sem sentido mas que soam bem mas não me encantam". Diz lá se depois desta lenga-lenga alguém ouvirá seja o que for! O objectivo é esse!

    Por isso proponho o combate a uma treta de cada vez. E olha que esta treta é bem pesada! O que dizes de um abaixo-assinado para obrigar a Assembleia da República a pelo menos discutir o assunto? Com cópia para o Presidente da República, com o argumento que se está a enganar o povo (e está!) em televisão. E não sou nada pobre a pedir: não quero só a RTP, mas também as privadas e a imprensa escrita!

    Os meus tempos com os esquerdistas ensinaram-me uma coisa: o que há a fazer a seguir é chamar a comunicação social. Claro que no caso a coisa não funcionava porque as causas, a organização e o impacto eram muito fraquinhas. E eu não fiquei com eles muito tempo. Mas esta causa publicitava-se a ela mesma. Possivelmente mais pela parte dos praticantes da treta que dos cépticos.

    Outra coisa: céptico é só uma palavra e um ponto de vista. Crente no poder das provas concretas é uma expressão mais comprida, mas significa o mesmo, com uma palavra mais familiar à maioria das pessoas.

    O que dizes???

    ResponderEliminar
  2. Abobrinha,

    «ainda me deves dinheiro do curso de teimosia avançada»

    Não pago.

    Não pago, não pago, não pago, não pago. Não Pago!

    Não.

    Pago.

    Mesmo.

    (aprendi bem? :)


    «avisa-se que a Astronomia não tem validade científica, não pode pretender ter!»

    Hmmm.... espero que isso tenha sido gralha, senão lá vamos ter discussão outra vez ;)


    Quanto à parte séria, também me atrai a ideia de acabar com a astrologia nas revistas, tv e assim. Mas é um sintoma. Não é a doença.

    É certo que acabar com a astrologia na RTP sempre reduzia o desperdício do dinheiro público, mas para resolver o problema era preciso educar as pessoas, e isso é difícil.

    Basta ver que só em Portugal há 10.355.746 pessoas que não lêem o meu blog. Assim não dá...

    «Outra coisa: céptico é só uma palavra e um ponto de vista. Crente no poder das provas concretas é uma expressão mais comprida, mas significa o mesmo, com uma palavra mais familiar à maioria das pessoas.

    O que dizes???»


    Não...

    Céptico é aquele que percebeu que não é por acreditar numa coisa que ela passa a ser verdade. Nem por se recusar a acreditar que passa a ser mentira. E, principalmente, que isto se aplica a tudo, sempre, e não vale a pena fingir que não se aplica.

    ResponderEliminar
  3. Ludwig

    1. Não é assim!!!! Falta-te pontos de exclamação de carago! Isto é pior que uma manif contra as propinas!

    2. Eu não acredito que caí numa gralha dessas quando finalmente estava a falar a sério. Claro que eu queria dizer que a Astrologia não era Ciência!

    As doenças combatem-se também sintoma a sintoma, para a aliviar um pouco. Um de cada vez ou todos de uma vez. No caso é preciso abalar a treta. Não sei se ela cairá assim fácil, mas o menos apanha um valente susto! Evitar que ganhe raízes de mentira repetida com convicção e que novas mentiras surjam, dada a atitude de questionamento.

    Outro cavalo de batalha que me é muito caro é a treta da qualidade de ensino que os teus filhos e os meus sobrinhos se candidatam a ter. É outra batalha, que se trava dia a dia e que tu e a minha irmã travam essencialmente em casa, mas que não se pode confinar a casa. E resulta em parte de o pessoal se ter acomodado e não refilado (eu incluída). Esta é a luta de fundo de que falas da educação. Só que nem todos os filhos e sobrinhos têm uma irmã da Abobrinha ou um Ludwig em casa! Lembra-te disso.

    Ambas as lutas são para ser travadas devagar, gradualmente mas com passos firmes. E o avanço não é proporcional ao empenho que se põe na luta, mas muitas vezes no que se está preparado para avançar. A maioria dos passos é gradual, mas de vez em quando é preciso disparar um tiro de artilharia pesada.

    No caso da treta da AstroLOgia (não me enganei desta vez), o momento é capaz de ser oportuno para um tiro mais pesado: há a ideia de que o conhecimento é que nos vai tirar da miséria. Sendo verdade, não é toda a verdade (e há várias misérias, sendo que a ignorância é uma miséria absoluta). Afinal, se tretas new age disputam o mercado à AtroLOgia, porque não disputar lugar à treta com razão e cepticismo?

    Mais importante que os 10.355.746 portugueses que não leem este blogue, são os 10.355.751 que não estão em condições de o compreender sequer! Abalando a treta podemos arranjar-te fregueses (e nessa altura pagas-me o que me deves). Nem que já tenhas a cabeça coberta de cabelos brancos nessa altura (eu sou uma mulher paciente: eu espero).

    Quanto ao desperdício de dinheiros públicos, não vás por aí. Se não é desperdiçado aí é em aumento de salario ao Jorge Gabriel, a pagar um companheiro à Picolé ou maquilhagem para a Sónia Araújo. TUdo perfeitos candidatos a parolos na minha votação.

    Como é? É para avançar com o abaixo-assinado para a Assembleia da República + cobertura mediática?

    3. Não sei se as nossas definições são contraditórias ou se simplesmente se complementam. Sei que consigo defender o meu ponto de vista com mais pontos de exclamação! Prática!

    ResponderEliminar
  4. Ludwig,
    a discussão que manteve com o Desidério levou-me a visitar o seu blog. Tornou-se uma referência de leitura. Faço votos para que não desista do seu empenho gratificante para quem gosta de aprender.
    A questão que fala no seu último post dos criacinistas anónimos é mesmo irritante.
    Abraço
    Rolando Almeida

    ResponderEliminar
  5. Mário Miguel05/01/08, 01:52

    Ludwig,

    O que vou escrever serve só para transmitir um argumento que vigora num estrato mais "sofisticado" de Astrólogos. Nem consideres isto como eu assumir o papel de advogado-do-diabo.

    Eles afirmam que os planetas nada influem de forma directa, mas sim reflectem um dado sincronismo, como se houvesse uma correlação mas nunca causalidade, topas? E isto está relacionado com Karl Jung - sincronicidade e afins... Juntando a este o Ervin Laszlo do Clube de Budapeste; como nesse clube figuram pessoas como o Sir Arthur C. Clarke, logo os restantes ficam impregnados com a mesma credibilidade, mas no entanto, nesse mesmo clube figura, por exemplo, Paulo Coelho.

    Aqui está uma visão mais ""avançada"" da coisa.

    Membros do Clube de Budapeste.

    Mais membros do Clube de Budapeste.

    Clube de Budapeste.

    ResponderEliminar
  6. Pois então o que o miguel descobriu foi a razão pela qual alguem neste mundo lê o chato do Paulo Coelho;)
    (só espero que o ludwig nõ seja fã do senhor, se for peço desculpa, mas para mim o senhor é um chato que escreve novelas de cordel das mais raquinhas que já li)

    ResponderEliminar
  7. Mário Miguel05/01/08, 02:08

    Joaninha,

    Eu não descobri nada, ele e chato sem que seja necessário qualquer justificação.

    ResponderEliminar
  8. Eu uma vez tive uma discussão com um amigo sobre astrologia. Eu pedi para ele me explicar qual a razão para gemeos terem vidas tão diferentes. Ele disse que era por causa do livre arbitrio, eu tenho problemas com o livre arbitrio e disse que tal coisa não existia.

    Quando eu enfatizei que a questão do livre arbitrio era incompativel com o efeito dos planetas, ele pediu-me para parar com as conclusões imediatistas.

    Eu conclui que a astrologia seria então uma forma de engatar gajas... Será verdade?

    ResponderEliminar
  9. Sei por amigos meus que funciona. Mas duvido que sejam as mais interessantes das mulheres...

    ResponderEliminar
  10. Bizarro,

    Como é que depois desta curta noitada ainda consegues vir para aqui com conversas machistas de "engatar gajas"? ;)

    Mas, estou de acordo com a tua conclusão; afinal, a astrologia não passa de um método idêntico ao hi5 mas menos tecnológico.

    Já agora, Ludwig, mandei um recado para ti pelo Bizarro ao qual agradeço que respondas positivamente. Como não sei se ele se lembrará (porque será?) fica aqui o aviso.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  11. Mário,

    Ando às voltas com esse Ervin Laszlo já há uma data de tempo, desde que a Ana Rodrigues me pediu para dar uma olhada. Mas o que ele diz é tão vago que nem treta parece ser...

    Seja como for, essa da correlação não os safa. Se há correlação e eles descobriram que há correlação então têm que ter dados concretos que mostrem essa correlação. Era isso que eu gostava de ver. Mas o que acontece é que simplesmente inventam que deve haver correlação e querem lá saber dos dados.


    Joaninha,

    Nunca li Paulo Coelho. O Bruno disse-me que era uma seca, mas não sei se gosto. Mas mesmo que goste não tens nada que pedir desculpas. Eu sou ateu. Não me chateio quando os outros não gostam das minhas obras de fantasia preferidas :)

    Helder,

    Um recado pelo Bizarro? Não tens o meu email? Deixa lá o rapaz curar a ressaca e segue o link no meu perfil para a minha página. A não ser que a tua ressaca seja ainda pior... :)

    ResponderEliminar
  12. Claro ca asturlujia é uma siênsia!!!!! Á imensas porvas sienteficas caçim é!!!!! Tou malembrar do S. Tanas Lopez que se viu excrito nazestrê-las cavia de se ser pirmeiro-menistro e açim se foi!!!!! E o Ingenheiro Sócartes tamãe deve ter sido, só que cumé ingenheiro não se recunhesse!!!!! Mazá muintíssimos mais cazos cumo estes ãe que se nota prefeitamente que foi ájuda dazestrê-las que cãosseguiu o milargre!!!!! Té os mais assépticos recunhéssãe que sãe ájuda dazestrê-las tal não se seria pussível!!!!! E mesmo o Paulo Cualho é mais quividente que só ájuda dazestrê-las pode ajusteficar que se cãossigão vender tantos livros dê-le!!!!! Aquerditãe!!!!!: azestrê-las andem aí!!!!! A bãe da nassão!!!!!

    ResponderEliminar
  13. Helder, a seguir a uma noitada, as unicas conversas que consigo ter são sobre engatar gajas :P Mas quanto ao recado não me tinha esquecido.

    ResponderEliminar
  14. Eh Eh Eh!

    Anda tudo a levantar-se "cedo" a seguir às noitadas!

    ResponderEliminar
  15. JOaninha

    Dá cá esses ossos! O Paulo COelho é uma seca! COmeti o erro de ler "O monte cinco" e ia morrendo de tédio! Olha, é uma boa solução para as tuas insónias: ao fim de 2 parágrafos é remédio santo!

    ResponderEliminar
  16. Bizarro

    A tua conclusão parece-me do mais lógico que há na Astrologia (não me enganei, pois não?).

    Dito isto, um passeio para observações das estrelas será muito mais eficaz. Quer esteja muito frio quer muito calor (aí a arte está em saber lidar com a situação).

    Não nego à partida uma ciência de engate que não conheço: depende do livre arbítrio (livre arbítrio significa o gajo ser giro, não é?).

    ResponderEliminar
  17. Melhor que a astrologia é criar uma seita religiosa.

    "Já agora, os Deuses Extra-Terrestres relembram que antes de se suícidarem todos para subirem pró cometa, é importante observar aquela tradição das miúdas boas irem todas prá cama comigo. Desculpem lá eu repetir isto tantas vezes, mas faz parte do ritual, e todos queremos fazer as coisas como deve ser não é minhas lindas?"

    - "Sim abonado mestre!" (em coro)

    :P

    ResponderEliminar
  18. Qual seita religiosa qual quê!

    Adiram ao PiPismo!

    O PiPismo não só permite aceder à VERDADE PIPISTA, como além disso não cobramos a dízima - não somos exploradores!
    Podem fazer o que quiserem com 10% do vosso ordenado, que nós não queremos mais nada além dos restantes 90%.

    pipismo.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Mário Miguel09/01/08, 23:51

    Ludwig,

    Há ainda outra coisa que eles dizem: a Astrologia não diz o que vai acontecer, mas sim a tendência. Por exemplo: terás no mês x, uma altura favorável para teres uma doença ou teres um acidente, e isso não que dizer que o tenhas, implica que deves estar mais atento... Estás a ver como é que funciona. Ou ainda: nesse mês x será favorável fazeres investimentos, o que é diferente de dizer que os faças, indica simplesmente um bom enquadramento.

    ResponderEliminar
  20. adoro a ironia : http://www.astrologicalmagazine.com/

    :D

    ResponderEliminar

Se quiser filtrar algum ou alguns comentadores consulte este post.