segunda-feira, dezembro 31, 2007

Desejos de um bom período arbitrário de 366 dias a começar amanhã.

Um ano sideral é o tempo que a Terra demora a dar uma volta ao Sol, em relação às estrelas. Trezentos e sessenta e cinco dias, seis horas e nove minutos. Aproximadamente. O ano tropical é o período dos solstícios e equinócios. As quatro estações. É vinte minutos mais curto que o ano sideral.

Hoje não se celebra nada disto.

Hoje à meia noite é (aproximadamente) a hora em que o observatório de Greenwich está de costas para o Sol. Como nós estamos perto desse meridiano vai ser a essa hora que vamos todos contar os segundos, abrir garrafas de champanhe e gritar Iééée! Uma contagem decrescente para o momento exacto de... bem, de coisa nenhuma.

Mas que a minha falta de vontade de cumprir a obrigação de “festejar” a entrada neste período arbitrário de tempo não vos estrague a diversão. Desejo a todos uma boa noite e que os próximos 366 dias vos corram bem.

22 comentários:

  1. Até podias ir mais longe e entrar pela relatividade do tempo. :-)

    PS. É preciso uma desculpa de jeito para comer e beber bem? Qualquer desculpa serve!

    ResponderEliminar
  2. Tudo é relativo...felizmente!
    Um 2008 em que concretize os seus objectivos.

    ResponderEliminar
  3. Acho que vocês todos precisam que um roedor qualquer use as vossas escovas de dentes como esponja de banho!

    Como este...

    Corta picas!

    ResponderEliminar
  4. Hummm...portanto a única treta que não incomoda mesmo o Ludwig é o Natal...Ok ! :)

    ResponderEliminar
  5. Não. Aniversários, jantaradas em geral, há muita treta que não me incomoda. Os OVNIs, por exemplo. Gosto de gozar com esses tipos, mas verdade seja dita não chateiam ninguém. Comparados ao Karamba e Trudeau, os obniólogos esses são uns anjinhos.

    Mas chateia-me um bocado a treta da passagem de ano porque tenho que estar à espera até à meia noite, a contagem decrescente, e depois é que se pode vir para casa...

    Especialmente este ano. Quando me perguntarm se queria ir celebrar a passagem disse que não, queria ficar em casa. Perante isto a minha mulher foi logo combinar tudo como se eu tivesse dito sim (quando elas perguntam as coisas é só para efeitos de estatística, não influencia nada :) E a seguir à «festa» tive que fazer uma directa para acabar de avaliar os trabalhos, que os alunos precisavam de saber a nota algum tempo antes do exame.

    O post foi para desabafar, mas não queria estragar a passagem de ano a mais ninguém. Meste ano promete ser melhor. É bissexto, o que quer dizer que tenho mais um dia antes de apanhar outra seca destas :)

    ResponderEliminar
  6. Ludwig

    És mau feitio mas ao menos tens piada. O meu mau feitio contra o Natal nem piada teve (por isso o guardei para DEPOIS do Natal).

    Olha, em termos de música... bem que trocava contigo! Acredita que estou a falar a sério.

    É arbitrário, mas dá jeito o feriado, ora conta lá!

    QUanto à tua mulher, os papeis que assinaste diziam claramente as cláusulas em letras miudinhas. De onde se prova que és míope. E que a tua senhora é muito delicada: ao menos perguntou! Não ligou nenhum, mas perguntou!

    A treta da minha passagem de ano ainda foi mais arbitrária porque o champanhe (lá está: ninguém me perguntou se eu gosto de champanhe sequer!) e os iéeeeeeeeeeeeeees forám aí uns 4-5 minutos antes. Mas também, na Austrália e Nova Zelândia já era 2008 há montes de tempo, por isso não se passa nada!

    Seja como for, bom começo de o-que-quer-que-seja-que-parece-que-é-arbitrário, até à renovação de votos em 2009.

    ResponderEliminar
  7. Acho que o melhor é citar Carlos Drummond de Andrade, poeta brasileiro:

    "Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.
    Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
    Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
    Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente"

    ResponderEliminar
  8. António

    "Hair brush" não é dos dentes. Mas ficou anotado!

    Esta gente anda toda com mau feitio (eu estou com sono a mais para estar com qualquer tipo de feitio!)! Tenho que começar a postar as minhas especialidades!

    ResponderEliminar
  9. Abobrinha,

    Minha linda, eu sei que hairbrush não é escova de dentes, mas, mete mais nojo se for a escova de dentes, porque "ospois" deve de ir à boca de alguém. Tás a vêr... A intenção era só a de colocar a piada sobre uma sequência arbitrária de dias, no post de rezinguice do nosso exmo. anfitrião.
    Tu também estás a precisar de uma passagem de ano rápido... Continuas com maus hábitos de anos anteriores. Vê se dormes como deve de ser...

    ResponderEliminar
  10. Mário Miguel02/01/08, 16:05

    "Senhoras e senhores, a realidade."... É sempre bem vinda, quando a esposa põe tudo em pratos limpos;-)

    ResponderEliminar
  11. Este marido é uma vítima... não terias tu feito uma directa por causa da semana de jogatana que antecedeu a da passagem do ano?

    Desculpa esta grande atrocidade que é fazer-te sair do bunker (leia-se escritório), para acompanhares a tua esposa, os teus filhos e alguns outros familiares, num jantar que só acontece uma vez por ano. Agonizante de facto!

    ResponderEliminar
  12. Yup... é para verem o que eu sofro... :)

    ResponderEliminar
  13. Já agora Desejos de um Bom Ano de 2008 para todos

    ResponderEliminar
  14. Mário Miguel02/01/08, 17:22

    Cara Esposa,

    Obrigado pelos votos, e endereço os mesmos a todos; a si, ao Ludwig, etc... É sempre útil que venha aqui repor a verdade:-)))))

    Algo de curioso aconteceu, eu postei depois da sua "reclamação" (16:08) mas o post apareceu antes (16:05)???? Alguém me sabe explicar porquê? Tenho varias hipóteses... Gostaria de saber porquê.

    ResponderEliminar
  15. Esposa

    Assim é que é! Gajo que é gajo lê as letras miudinhas do contrato ou sujeita-se às consequências!

    ResponderEliminar
  16. Mário,

    A minha querida esposa (agora tenho que ter cuidado com o que digo... pensava que ela não lia isto...) queria alterar o post, mas como não tem conta no blogger tive que ser eu a apagar. Mas entretanto veio logo o teu comentário por isso repuz o post como estava e disse-lhe para não mexer mais.

    Além disso não sei bem que alterações é que ela queria fazer, e o melhor é não arriscar... :P

    ResponderEliminar
  17. António

    Maus hábitos? Por acaso é um bar no Porto. Só lá fui uma vez e é o máximo, mas é melhor ir pelas escadas porque o elevador tem a mania irritante de encravar pelo caminho, o que é levemente stressante.

    Fora isso, faço questão de manter todos os meus maus hábitos até me dar na real gana e não até um período arbitrário no calendário.

    Quanto à escova de dentes/do cabelo, estava só a pegar com um comentador aleatório e a tentar arranjar inspiração para um post próximo. É que o meu estaminé ficou muito sério antes de parar para "vacances": tenho que javardar, senão as pessoas deixam de pensar que eu sou superficial e badalhoca (na vida real sou muito mais atinadinha, mas não digam a ninguém).

    Não há reclamações quanto ao "minha linda". Nos dias que correm, todos os elogios são poucos.

    ResponderEliminar
  18. assim é que é, "esposa", e ainda bem que vieste aqui, senão teria sido obrigada a lavar a roupa suja da família em público ;-)
    Beijos
    Cristy

    ResponderEliminar
  19. Ludwig,

    Espero que o jantar tenha corrido bem.
    Felicidades neste novo periodo arbitrario de 366 dias ;)

    PS: esposa 1 - ludwig - 0
    hihihihihi!!!

    ResponderEliminar
  20. Ludwig,

    Estás tramado... Agora tens um complot de cromossomas XX contra ti. :-) Isto devia dar-te tema para umas dezenas de posts. Como diria um certo primeiro: "Porreiro pá!"

    ResponderEliminar
  21. Contra? A Joaninha acha que em quase 11 anos de casamento só estou a levar 1 a 0. Mais a favor que isso era ridículo... :)

    ResponderEliminar
  22. A familiar blog that's a nice place to be...

    ett inlägg om de gamla tiderna.domingo, 14 de Março de 2010 23:54var rätt länge sen jag skrev nu. jag går i slowmotion medan världen snurrar fortare än någonsin förut. jag tänker tillbaka på el topo tiden. det var kul. var ute på promenad nu i natten. redan innan jag gick så började jag frysa om öronen. på vägen hem ...La muerte a judíos bastardos. La muerte a Israel. La muerte a sionismo. Viva Palestina. Viva Hamassegunda-feira, 1 de Março de 2010 01:06musik ifrån turkiet. den här är riktigt fin. musik ifrån algeriet ser ni inte varje dag. sångaren är tydligen rätt full
    22 smerk

    ResponderEliminar

Se quiser filtrar algum ou alguns comentadores consulte este post.